Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Uma fórmula simples para rejuvenescer seu casamento em 2 dias

Tudo o que é preciso são apenas três breves momentos dentro de sua rotina

Com o dia a dia, o trabalho, as redes sociais – e não esqueçamos quando as crianças se somam à equação –, não é surpresa que alguns casais esqueçam como se comunicar, e isso pode atrapalhar o relacionamento.
Muitas vezes, nossa situação financeira exige que priorizemos nosso compromisso com o trabalho e com nossos filhos e, como resultado, nosso compromisso um com o outro fica em segundo plano.
No entanto, como o casal é o pilar de qualquer família, é importante observar as rachaduras – especialmente as invisíveis – em nosso relacionamento com nosso cônjuge; aqueles pequenos rancores que podemos sentir em relação ao nosso cônjuge podem acumular sentimentos de ressentimento que são difíceis de curar, em qualquer idade.
Felizmente, essas questões podem ser reparadas com o “cimento” que mantém todos os casais juntos: o amor um pelo outro. O problema é que isso leva tempo e esforço. Sim, esforço; de forma realista, depois de uma semana no trabalho, às vezes é difícil reunir energia suficiente para nós mesmos, imagina reunir energia para outra pessoa.
Quanto ao tempo, ele é essa mercadoria preciosa que nunca sentimos que temos o suficiente. Mas não se preocupe: ao colocar apenas três breves momentos dentro de nossa rotina regular, qualquer casamento pode ser rejuvenescido e fortalecido. Basta seguir estes três princípios:
2 minutos toda noite
Às vezes esquecemos que devemos usar “palavras mágicas” de cortesia e respeito regularmente. Isto se aplica tanto para um casal quanto em situações gerais; não devemos deixar de dizer palavras como “Me desculpe”, “Obrigado”, “Por favor” e “Eu te amo”.
Todas as noites, use essas simples expressões para ajudar a curar uma ferida, para mostrar apreciação, ou apenas para fazer seu cônjuge se sentir amado. Faça um esforço para se concentrar nos aspectos positivos e evitar a reflexão sobre os negativos, e você verá seu casamento fortalecer.
Você também pode preparar antecipadamente um perdão ou um agradecimento por algo que você sabe que acontece regularmente. Repita isso para si mesmo todo dia, e assim se tornará mais fácil de perdoar, porque não teremos acumulado ressentimentos; também estaremos mais atentos ao louvor por algo que sabemos que acontecerá.
No caso de um casal, o poder do perdão provou ser uma verdadeira linha de vida. Elodie, que agora é esposa, explicou como ela sentiu ressentimento por 10 anos devido à atitude do marido enquanto eles estavam noivos e como isso ainda a incomodava. Seu marido, Karl, compartilhou como isso “surgia todas as semanas”. Para lidar com o problema, o casal teve que ter uma troca real de desculpas e uma reunião com um conselheiro matrimonial, que ajudou a curar uma ferida que havia sofrido por tanto tempo.
Podemos também nos perguntar por que devemos dizer “obrigado” quando é totalmente normal esperar ajuda do nosso cônjuge. Simplesmente, esses reconhecimentos e palavras de afirmação são indispensáveis ​​para que cada cônjuge se sinta amado e reconhecido pelo outro. Sua ausência produz baixa autoestima e desânimo que se manifesta em queixa ou mal humor.
2 horas por semana
Um encontro romântico semanal é uma salvaguarda indispensável para qualquer casal que queira manter a chama acesa. Recomendado por terapeutas, pode ter muitas formas. Alguns casais gostam de fixar um determinado horário por semana, enquanto outros preferem ser mais espontâneos e escolhem horários e dias diferentes toda semana.
Isso é realmente necessário durante as semanas que já estão superlotadas? Absolutamente – especialmente quando se tem crianças! É tão fácil ficar preso na agitação diária que a relação entre os cônjuges começa a sofrer; seu papel como pai acaba por consumir seu relacionamento. É bom lembrar que o próprio casal é o primeiro filho do casamento, e precisa ser nutrido para manter seu vínculo único.
Para te ajudar, sugerimos criar uma “pequena caixa de felicidades”. Compre uma caixa bonita ou, se você sabe fazer artesanato, faça você mesmo uma linda caixa. Escolha 20 atividades para fazerem juntos que se encaixam em seu orçamento e as escreva em pedaços de papel separados e, em seguida, coloque-os na caixa. Todos os domingos à noite retire um pedaço de papel. O desafio? Completar a tarefa até o próximo domingo à noite. As atividades realmente não precisam ser tão complicadas; a chave é fazê-las juntos. Um casal compartilhou algumas de suas atividades favoritas: passear em lojas de antiguidades, fazer uma massagem, fazer uma aula de pintura, tomar o café da manhã na cama, construir um álbum de fotos, assistir a um filme juntos, tomar um banho juntos para falar sobre qualquer coisa, exceto das crianças…
2 dias por ano
Passar pelo menos 48 horas sem os filhos – seja através de umas férias rápidas ou apenas deixando seus filhos com os avós – é mais do que benéfico para lembrar que vocês também são amantes. Coloque um pouco de ar fresco em seu casamento, tirando um tempo para sussurrar (novamente) novidades doces um ao outro e rir como antes. Você ainda admira seu cônjuge? Exprima sua gratidão e admire o que você construiu, apesar dos obstáculos da vida. Alguns dias antes da sua escapada romântica, tire um tempo para observar mentalmente todas as coisas positivas que deseja compartilhar com seu cônjuge. Assim que vocês estiverem sozinhos você pode saborear o momento, compartilhando esses pensamentos e palavras de amor e apreciação.
Se vocês querem fazer isso, mas vocês não conseguem, talvez seja necessário fazer algumas perguntas. O que está parando vocês? O problema são as crianças, pois não sabem com quem deixá-las? Se assim for, você poderia tentar trocar com outro casal, deixando seus filhos com eles, e depois receber os filhos deles; serão duas famílias felizes! É uma questão de orçamento? Realmente não precisa ser um fardo financeiro. Qualquer lugar onde vocês possam desligar seus laptops e celulares e se concentrar um no outro já está bom.
Se você ainda não conseguir fugir, talvez haja alguma resistência interna. O que essa resistência está tentando dizer? Nem todos os casais ficam excitados com a expectativa de passar um tempo juntos. Um marido compartilhou que ele evita fins de semana “românticos”, pois ele sabe que vai ser cheio de reclamações de sua esposa. Em casos como esse, vocês precisam ser sinceros um com o outro e rigorosos com vocês mesmos. Esta é uma pequena lua de mel, para se reconciliar e encontrar a felicidade, e não para compartilhar as injustiças do passado. Se ainda for difícil, é um sinal de que é hora de reagir: faça uma consulta com um conselheiro matrimonial para ajudá-lo a voltar ao caminho certo.

Segunda, 27/08/2018 - Bénédicte de Dinechin / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...