Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O simbolismo surpreendente das árvores no cristianismo

A Bíblia começa com uma árvore, chega ao ápice com outra e termina com mais outra

É chamativo que a Bíblia comece com uma árvore e termine com outra, além de ter o seu ápice, que é a Salvação trazida por Cristo, realizado entre a Árvore da Cruz e o domingo da Ressurreição.
O profeta Jeremias destacou eloquentemente a semelhança da humanidade com as árvores ao descrever “o homem que confia no Senhor”:
“Assemelha-se à árvore plantada perto da água,
que estende as raízes para o arroio;
se vier o calor, ela não temerá
e sua folhagem continuará verdejante;
não a inquieta a seca de um ano,
pois ela continua a produzir frutos”.
(Jeremias 17, 8)
As árvores desempenham papel importante não apenas na Bíblia, mas também na arte cristã, em que, bem além de servirem como pano de fundo, carregam tradicionais significados espirituais.
Conheça o significado de cinco delas:

Álamo

O assim chamado “álamo tremulante” é usado para representar o orgulho, porque, segundo uma antiga lenda, todas as árvores se curvaram de sofrimento quando Cristo morreu, exceto o álamo, espécie comum em climas frios. É por isto, segundo a mesma lenda, que essa árvore “treme” – daí o seu nome.

Cedro

Mencionado no Antigo Testamento e tão belo e forte a ponto de ter se tornado o símbolo nacional do Líbano, o cedro é também usado na arte cristã para representar o próprio Cristo.

Cipreste

Antes ainda do cristianismo, era símbolo de morte. Sua majestosa altura que aponta para o céu é frequentemente evocada para simbolizar a visão cristã da morte como passagem para a eternidade.

Olmo

A beleza extraordinária com que espalha a sua ramagem a tornou símbolo de dignidade e confiabilidade.
Carvalho

Há tradições que alegam que a Cruz de Cristo teria sido feita da lenha de um carvalho. A força dessa árvore também faz dela um símbolo de perseverança.


Domingo, 15/07/2018 - Philip Kosloski / Aeteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...