Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A amizade em tempos de redes sociais



"A amizade é um tesouro. É o maior presente que podemos receber"

Jaume Aymar (Barcelona, ​​1957) – professor de filosofia na Universidade da Catalunha – afirma que “se uma amizade for autêntica, durará para sempre”. Ele conversou com a Aleteia sobre o tema “amizade e ressentimento”. Segundo ele, a “traição” é o posto da amizade.

A amizade é face a face

É um paradoxo que, em um mundo com tantas redes, contatos e mídia, tenhamos uma falta tão dramática de comunicação.

“Algo deu errado. A amizade é fundamentalmente face a face. Novas tecnologias podem ajudar a manter ou mesmo recuperar amizades, mas a amizade é individual e face a face”, disse ele.

Amizades devem ser cuidadas

“O que mais se opõe à amizade é a traição; é antiamizade. Cristo diz aos apóstolos: ‘Vós sois os meus amigos’, e um dos amigos o trai. Se você já experimentou a traição, sabe que isso causa um tremendo impacto. Há um salmo que diz: ‘Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar’”, acrescentou.

“Amizades devem ser cuidadas. Você tem que nutri-las porque elas podem definhar”, ele recomenda. “Se uma amizade é verdadeira, acredito que é para durar para sempre. Uma amizade quebrada pode ser restaurada, mas não é fácil. Isso pode ser feito, mas o ressentimento pode ser um obstáculo”.

A ajuda da mediação

Uma amizade é prejudicada, por exemplo, quando você não pode falar, quando o diálogo falha.

“Hoje existem terapias de mediação que podem ajudar as pessoas a lidar com um conflito. O mediador estabelece uma distância que pode ajudar os dois lados a entender melhor o que está acontecendo”, disse Aymar.

“A mediação tem que ser consensual. Se ambos os lados aceitarem, então não é uma imposição; em vez disso, o mediador se torna um árbitro para quem ambos apresentam suas questões. A mediação é o primeiro passo para a reconciliação”.

Primeiro a pessoa, depois as ideias

“Na amizade, você se concentra primeiro na pessoa, depois nas crenças. É claro que as crenças não são secundárias, pois também condicionam o modo de pensar da pessoa. Mas se você realmente valoriza a pessoa, então você pode superar as diferenças na maneira como você pensa”.

“Acho que temos que ser muito claros e deixar que cada um fale de sua própria identidade, sabendo que há questões sobre as quais não concordaremos, mas que em muitas outras podemos estabelecer um objetivo comum e enriquecer um ao outro”, disse ele.

Confrontos podem ser positivos

“Recuperei algumas amizades da infância, mas a maioria dos amigos fiéis estava presente na minha juventude e na idade adulta”, ele reconheceu. “A amizade é um tesouro. É o maior presente que podemos receber, o máximo relacionamento que as pessoas podem ter. Mesmo quando pensamos de forma diferente, quando somos amigos, podemos dizer isso livremente”.

Ele acrescenta: “Na amizade há momentos em que nos confrontamos, e isso é positivo. Isso nos ajuda a suavizar as coisas. É uma tarefa contínua e uma linda aventura que temos que alimentar”.


Sexta, 15/06/2018 - Miriam Diez Bosch / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...