Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 15/06/2018

"Queridos filhos, também hoje de modo particular desejo convidá-los à Eucaristia. Que a Missa seja o centro das suas vidas ! Em particular, queridos filhos que a Eucaristia esteja nas suas famílias: as famílias devem ir à Santa Missa e celebrar Jesus. Jesus deve ser o centro das suas vidas ! Por isso renovem, queridos filhos, a oração familiar e caminhem em direção a Jesus. Obrigada, queridos filhos, por terem respondido também hoje ao MEU chamado"

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Você sabe o que significa o nome “Jesus”?

A breve história por trás do nome que mudou a humanidade

São Paulo escreve em sua carta aos Filipenses: “Em nome de Jesus, todo joelho se dobre no céu, na terra e abaixo terra” (2:10).

Sim, os cristãos acreditam que o nome “Jesus” é poderoso, mas muitos desconhece o significado dele. O que quer dizer? De onde veio?

Em primeiro lugar, o nome “Jesus” é aquele que foi divinamente dado através da mensagem do Anjo Gabriel a Maria: “Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus” (Lucas 1,31).

Entre todos os nomes, Deus escolheu esse por um motivo.


A Enciclopédia Católica afirma: “A palavra Jesus é o latim originado do grego Iesous que, por sua vez, é a transliteração do hebraico Jeshua, Joshua ou ainda Jehoshua , que significa: “[Deus] é a salvação”.

O Catecismo da Igreja Católica acrescenta: “Jesus significa, em hebraico, ‘Deus salva’. Na anunciação, o Anjo Gabriel deu-lhe esse nome para expressar sua identidade e sua missão”.

De acordo com algumas fontes antigas, “o nome grego está conectado com o verbo iasthai (curar); portanto, não é surpreendente que alguns padres gregos conectam a palavra Jesus com essa mesma raiz”.

Por fim, esse é um nome realmente poderoso, que resume quem era Jesus e o que Ele veio fazer na Terra.

“O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos” (Catecismo da Igreja Católia, 432).

Quarta, 03/01/2018 - Philip Kosloski / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...