Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2019

“Queridos filhos,

O AMOR e a BONDADE do PAI CELESTIAL os dá revelações que fazem com que a fé em vocês cresça e se compreenda, e os traga paz, segurança e esperança.

Assim também eu, filhos MEUS, por meio do AMOR MISERICORDIOSO do PAI CELESTIAL sempre e novamente os mostro a estrada em direção ao MEU FILHO, em direção à SALVAÇÃO ETERNA. Mas, infelizmente, muitos dos MEUS filhos não querem me escutar, e muitos dos MEUS filhos duvidam.

Mas EU, EU sempre e em todos os tempos, louvei o SENHOR por tudo aquilo que ELE fez em MIM e por meio de MIM. MEU FILHO se dá a vocês, divide o pão com vocês, os dá palavras de VIDA ETERNA, a fim que EU as leve a todos. Vocês, filhos MEUS, apóstolos do MEU AMOR, do que vocês tem medo quando MEU FILHO está com vocês ?

Ofereçam-LHE as suas almas, a fim de que ELE possa morar nelas, e possa fazer de vocês instrumentos da FÉ e instrumentos do AMOR.

Filhos MEUS, vivam o EVANGELHO, vivam o AMOR MISERICORDIOSO ao próximo, e, acima de tudo, vivam o AMOR ao PAI CELESTIAL. Filhos MEUS, vocês não estão juntos por acaso, o PAI CELESTIAL não une ninguém por acaso. O MEU FILHO fala às suas ALMAS e eu faço aos seus CORAÇÕES.

Como MÃE, EU digo a vocês: caminhem COMIGO, amem-se uns aos outros, testemunhem. Não tenham medo, com o seu exemplo, de defender a VIDA, a PALAVRA DE DEUS que é ETERNA e que não muda nunca. Filhos MEUS, quem trabalha na LUZ DO AMOR MISERICORDIOSO e na VERDADE é sempre ajudado pelo CÉU e nunca está sozinho.

Apóstolos do MEU AMOR, que vocês sejam reconhecidos, sempre, entre todos os outros, pelo seu escondimento, pelo seu amor e pela sua serenidade. EU estou com vocês. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Ainda dá tempo de receber as indulgências plenárias da 1ª semana de novembro?

Sim, mas agilize: é até o dia 8!

Ao fiel que visitar um cemitério e rezar pelos defuntos são concedidas indulgências aplicáveis a ele mesmo ou à alma de alguém que já tenha falecido. A indulgência será plenária a cada dia da semana de 1º a 8 de novembro (só se pode receber uma indulgência por dia); nos outros dias do mês de novembro será parcial.

O que fazer para receber essa indulgência plenária, de modo a aplicá-la ao perdão das minhas penas ou das almas do purgatório?

É preciso ir ao cemitério, rezar devotamente pelos defuntos e cumprir as 4 condições habituais de toda indulgência:
1) Confissão sacramental – cada confissão vale para as indulgências obtidas até 15 dias antes e para as que serão obtidas até 15 dias depois de se ter confessado;
2) Comunhão Eucarística – é necessária uma comunhão para cada indulgência;
3) Oração pelas intenções do Papa – rezar para cada indulgência;
4) Exclusão de qualquer apego ao pecado, mesmo venial.

Tenho de me confessar, comungar e rezar pelo Papa no mesmo dia?

As 4 condições podem ser preenchidas em dias diversos, antes ou após a realização da obra prescrita (neste caso visitar o cemitério e rezar pelas almas dos mortos); mas a comunhão, a oração pelas intenções do Santo Padre e o desapego ao pecado têm que ser praticados nesse mesmo dia.

Quais são as orações que devo fazer pelas intenções do Santo Padre?

A condição da oração nas intenções do Sumo Pontífice pode ser plenamente cumprida rezando um Pai-Nosso e uma Ave-Maria; mas é facultado a todos os fiéis que recitarem qualquer outra oração conforme a sua piedade e devoção para com o Pontífice Romano.
É muito importante sublinhar que, para lucrar qualquer indulgência plenária, é imprescindível que não tenhamos nenhum apego ao pecado – nem mesmo aos pecados veniais. Portanto, qualquer pessoa que continue a cometer pecados, mesmo veniais, sem sequer lutar para afastar-se deles, não conseguirá lucrar a indulgência plenária; apenas a parcial.

Não fui ao cemitério, nem rezei pelos defuntos, ou pelas intenções do Papa, nem me confessei e não comunguei no Dia de Finados. E agora, posso ainda conseguir as indulgências para as almas do Purgatório?

Sim. Para aqueles que não foram ao cemitério no Dia de Finados, não se confessaram, não comungaram e/ou não rezaram pelo Papa ainda o poderão fazer em qualquer do dia (ou dias) até ao dia 8 de Novembro, e assim observarem todas as condições de modo a obterem a indulgência plenária.



A partir de texto publicado pelo blog Senza Pagare

Segunda, 06/11/2017 - Redação da Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...