Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Conheça o trono da Imagem de Nossa Senhora para os 300 anos de Aparecida

Conheça todos os detalhes e o significado do trono de Nossa Senhora

A Imagem de Nossa Senhora Aparecida do Santuário Nacional será sustentada por um trono, que esteve nesta quarta-feira, 13, em fase de testes para os festejos de outubro pelos 300 anos do encontro da Padroeira do Brasil.

Produzido em acrílico, o trono traz a figura dos três pescadores, fazendo memória aos responsáveis pelo encontro da Imagem no rio Paraíba do Sul em 1717. Tem 1,65 metros de altura e 2,05 metros de diâmetro e contará com uma iluminação de led em toda base e no apoio, que também terá movimento giratório e no qual ficará a Mãe Santíssima.

O prefeito de Igreja do Santuário de Aparecida, Padre Rodrigo Arnoso, afirmou que o trono foi feito em acrílico para remeter a fragilidade humana. “Somos frágeis, mas ao mesmo tempo, abençoados por Deus. Um dos sinais dessa bênção é a presença de Nossa Senhora no nosso meio, Ela é uma carta de Deus para todos nós e ela como mãe, com o seu manto protege todos os seus filhos”, explicou.

A composição da imagem dos três pescadores terá ainda os frascos com as porções de terra dos estados brasileiros e o Distrito Federal, assim como as ânforas com as águas recolhidas nos principais rios e bacias hidrográficas do Brasil.

Os três pescadores

Representam aqueles que tiraram a Imagem do rio Paraíba do Sul e lembra que nós somos chamados a nos enxergarmos como eles, que entregaram a população brasileira a missão de propagar a devoção a Nossa Senhora Aparecida.

As porções de terra

Significam a presença de todos os estados do Brasil e do Distrito Federal no Santuário Nacional. Elas também estão depositadas na coroa jubilar, que será colocada na Imagem de Aparecida no dia 11 de outubro, durante a coroação solene.

As ânforas

Com as águas recolhidas de todos os rios e bacias hidrográficas do Brasil, elas serão colocadas ao lado do Trono. A coleta das amostras de água foi realizada pela Marinha do Brasil, como sinal da participação daqueles que cuidam dos rios e das águas do Brasil.

“Queremos com esses sinais recordar dois fatos: fomos feitos da terra, da terra viemos e para a terra retornaremos. A imagem de Nossa Senhora também foi tirada da terra, de uma porção de terra que ganhou forma nas mãos do artesão que a esculpiu. A água foi também o local onde está imagem habitou por muitos anos e foi de lá, que ela foi retirada para ser esse sinal de Deus para todo o povo brasileiro. E a água também recorda o nosso nascimento para a vida cristã, porque através do nosso batismo, nós nos tornamos filhos de Deus”, ressaltou o Padre Arnoso.



Domingo, 24/09/2017 - via GaudiumPress / Aleteia 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...