Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Conheça a devoção: “Detém-te! O Coração de Jesus está comigo”

Emblema pode ser usado ao peito, ao pescoço ou preso ao casaco - mas o ideal é levá-lo à altura do coração

Conhecido como “Detém-te”, este pequeno emblema pode ser usado sobre o peito, em volta do pescoço ou preso ao casaco, embora o ideal seja levá-lo à altura do coração, como um lembrete das palavras de São Paulo: “Tende em vossos corações os mesmos sentimentos que teve Jesus Cristo no seu” (Filipenses 2,5).

O “Detém-te” apresenta a imagem do Sagrado Coração, normalmente circundada pela frase “Detém-te! O Sagrado Coração de Jesus está comigo” ou “Alto! O Sagrado Coração de Jesus está comigo”.

Conta-se que, em 1870, uma cidadã de Roma consagrou ao Sagrado Coração e à Santíssima Virgem o seu filho que estava de partida para a guerra da unificação da Itália, alistado nas tropas dos Zuavos Pontifícios, um regimento militar dos Estados Pontifícios. Depois de consagrá-lo, essa mãe entregou ao filho um “Detém-te” que ela mesma tinha desenhado sobre um pedaço de pano vermelho, dizendo-lhe: “Ele te trará são e salvo”.

________

Saiba mais:

________

O jovem, de fato, voltou ileso da guerra e contou que uma bala tinha lhe atingido o peito, justamente onde ele usava o “Detém-te”, e parado sem causar qualquer dano. A mãe relatou o fato ao Santo Padre.

O Papa concedeu a aprovação definitiva a essa devoção e declarou: 

Isto, senhora, é uma inspiração do céu. Abençoo este Coração e quero que todos aqueles que forem feitos segundo este modelo recebam esta mesma bênção, sem ser necessário que um padre a renove. Além disso, quero que de modo algum Satanás possa causar dano àqueles que trouxerem consigo o Escudo, símbolo do Coração adorável de Jesus”.

O próprio Papa Pio IX ditou então a seguinte oração:

Abri-me o vosso Sagrado Coração, ó Jesus!
Mostrai-me os Seus encantos, uni-me a Ele para sempre. 
Que todos os movimentos e palpitações do meu coração,
mesmo durante o sono, Vos sejam um testemunho do meu amor
e Vos digam sem cessar: Sim, Senhor Jesus, eu Vos adoro…
Aceitai o pouco bem que faço e fazei-me a mercê de reparar o mal cometido,
para que Vos louve no tempo e Vos bendiga por toda a eternidade.
Amém. 
          Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós.
(repetir três vezes esta última jaculatória)

Para incentivar esta devoção, o Papa Pio IX concedeu, em 1872, cem dias de indulgência a todos os que o usarem e rezarem um pai-nosso, ave-maria e glória.

Em alguns “Detém-te”, como os que foram usados pelos contrarrevolucionários franceses, desenhou-se um Sagrado Coração coroado por uma cruz e com as palavras “Le Roi” (“O Rei”), reconhecendo a Cristo como o verdadeiro Rei da França e de todos os corações.

O “Detém-te” foi usado também no México pelos cristeros, que pegaram em armas contra o governo anticristão entre 1926-1929. Seu emblema trazia a legenda “Detém-te, inimigo mau; o Coração de Jesus está comigo”.

Recorreram ao “Detém-te”, ainda, os católicos cubanos que combateram contra o regime castrista, pois tinham especial devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Seu emblema dizia: “Detém-te, bala inimiga, que o Coração de Jesus está comigo”.

Ao recitarmos a jaculatória do “Detém-te”, renegamos as obras do mundo, do diabo e da carne e, ao mesmo tempo, solicitamos a proteção daquele que nos amou sem poupar esforços para conseguir o amor dos homens (palavras literais de Nosso Senhor a Santa Margarida Maria Alacoque).

O Papa Pio XII, a respeito da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, declarou considerá-la “a mais completa profissão da religião cristã” (encíclica Haurietis Aquas, 15/05/1956).




Sábado, 10/06/2017 - A partir do blog Senza Pagare / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...