Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Por que os católicos chamam a Virgem Maria de ‘rainha’?

Uma tradição que se remonta à época do Rei Davi

Repetidamente, a Igreja Católica refere-se à Abençoada Virgem Maria como “Rainha” e frequentemente a chama de “Rainha do Céu e da Terra”. Por que isso?

Em primeiro lugar, o Catecismo afirma que “a Virgem Imaculada, preservada imune de toda a mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrena, foi elevada ao céu em corpo e alma e exaltada pelo Senhor como rainha, para assim se conformar mais plenamente com o seu Filho, Senhor dos senhores e vencedor do pecado e da morte” (CCC 966).

Assim, Maria é reconhecida como a Rainha do céu e da terra, e um dia de festa é reservado pela Igreja para celebrar a sua coroação.

Além disso, no entanto, Maria é chamada de rainha por causa de uma antiga tradição que remonta à época do rei Davi. De acordo com o teólogo Colin B. Donovan, “No Antigo Testamento, a Rainha do Reino Davídico era a Rainha Mãe. Os reis, por razões de estado e fraqueza humana, tinham muitas esposas, nenhuma das quais poderia ser chamada adequadamente de rainha. Essa honra era reservada à mãe do rei, cuja autoridade ultrapassava em muito as muitas “rainhas” casadas com o rei. Vemos que este é o papel que Bate-Seba desempenhou com relação ao rei Salomão e as ocasiões em que a Rainha Mãe agiu em nome dos sucessores juvenis do trono”.

Há referências à rainha-mãe no Antigo Testamento, no Segundo Livro dos Reis, por exemplo: “Então o rei Joaquim, juntamente com seus conselheiros, nobres e oficiais, e a rainha-mãe, entregou-se aos babilônios” (2 Reis 24: 12).

A rainha-mãe no Reino Davídico ouvia as súplicas do povo e as levava para consideração do rei.

Não é exatamente o mesmo que a Virgem Maria faz, como Rainha do Céu e da Terra?

Por essas razões, a Igreja sempre entendeu Maria como uma rainha, sentada ao lado de seu Filho no Céu. Ao longo dos séculos, a arte cristã destacou essa crença ao colocar uma coroa em sua cabeça – tanto na iconografia oriental como na arte ocidental tradicional. Também se desenvolveu ao longo dos anos uma tradição para coroar Maria durante o mês de maio. Isso muitas vezes é feito pelas crianças da primeira comunhão. Em muitas paróquias as homenagens a Maria  acontecem durante todo o mês de maio.

O Regina Coeli (Rainha do Céu) é uma oração tradicional que é feita pela Igreja especialmente durante a época da Páscoa. Aqui está um trecho que recorda a realeza de Maria e pede-lhe a intercessão poderosa:

V: Rainha do Céu, alegrai-Vos, aleluia.

R: Porque quem merecestes trazer em vosso seio, aleluia.

V: Ressuscitou como disse, aleluia.

R: Rogai a Deus por nós, aleluia.

V: Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, aleluia.

R: Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, aleluia.


Oremos. Ó Deus, que Vos dignastes alegrar o mundo com a Ressurreição do Vosso Filho Jesus Cristo, Senhor Nosso, concedei- -nos, Vos suplicamos, que por sua Mãe, a Virgem Maria, alcancemos as alegrias da vida eterna. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém.


Segunda, 22/05/2017 - Philip Kosloski / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...