Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

JESUS É O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA QUE NOS LEVA AO PAI.


Queridos irmãos e irmãs, hoje estamos celebrando o 5º Domingo da Páscoa e também o dia das mães.

No ultimo Domingo Jesus nos falou da importância de formar e estar em comunidade, pois nela é que vamos encontrar a fortaleza e a alegria de pertencer a Cristo para poder testemunhá-lo no nosso dia a dia.

Estamos aqui hoje porque pertencemos a uma comunidade de fé, isto é uma comunidade que crê em Cristo. A liturgia bíblica desse domingo nos leva a entender essa verdade que devemos abraçar para valer e assim se dispor a serviço de Cristo e da sua Igreja, que é também a nossa Igreja.

No livro dos Atos dos apóstolos temos o primeiro conflito na comunidade de Jerusalém e isto é normal pois nós podemos agir preferindo grupos ou pessoas no nosso tratamento humano. Notamos que os cristãos de origem grega queixavam que as suas viúvas e órfãos não estamos tendo o mesmo tratamento dado às viúvas judaicas. Isto era um fato, então os apóstolos propuseram que fossem escolhidos sete homens de boa reputação fossem servidores no lugar dos apóstolos.

Assim, instituíram os diáconos e desse modo os apóstolos ficaram mais disponíveis a oração e trabalhos pastorais na difusão do Evangelho de Cristo. Os conflitos podem surgir, mas nós devemos, com ajuda do Espirito Santo, solucioná-los como gesto de concórdia, de amor e de misericórdia para que o entendimento seja feito no bom convívio de todos. Sejamos dóceis ao Espírito Santo e geradores de paz em nosso meio . (cf. At 6,1-7)

Na Primeira carta de São Pedro nos mostra que a Igreja é um grande edifício espiritual que tem como pedra fundamental. Agora estamos na Igreja em que cada um de nós é pedras vivas que a ajudam a ser bela e forte na sua natureza de evangelizar. A beleza da Igreja não esta nas suas construções, mas nos seus membros coerentes e atuantes na causa do Reino Deus, inaugurado com Cristo que está vivo em nosso meio. (cf1Pd 2,4-9)

O evangelista São João nos fala que a Igreja se parece como um Povo Peregrino que caminha para o céu ao encontro de Deus guiado pelo bom Pastor que é Cristo. Na ultima ceia Jesus nos fala da sua despedida na terra que vai acontecer com a sua Ascensão. Mas, Ele não quer que fiquemos tristes e desanimados. Assim, Ele diz a todos nós hoje: "Não vos preocupeis... vou preparar um lugar para vós... depois voltarei e vos levarei comigo... Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida...". (cf. Jo 14,1-12)

Quereremos ir para o céu, então sigamos Jesus na sua Igreja, amando, perdoando e servindo a todos sem distinção. A casa de Deus é o lugar de encontros de irmãos e irmãs e o céu é a concretização da Igreja ornada por santos e santos que souberam ouvir a voz do Pastor Cristo que nos guiou com segurança. Deus abençoe a todos e a todas as mães que seja sempre felizes na alegria e na dor, pois Jesus nos precedeu de tudo isso.

Tudo por Jesus nada sem Maria!


Segunda, 15/05/2017 - Bacharel em Teologia José Benedito Schumann Cunha, 
por e-mail / Vocacionados Menores.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...