Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Foi com esta oração que um brasileiro obteve o milagre da Santa Madre Teresa de Calcutá

E foi este milagre que permitiu a canonização da Missionária da Caridade

A canonização da Santa Madre Teresa de Calcutá, realizada pelo Papa Francisco em 4 de setembro de 2016, se baseou no milagre obtido por um brasileiro que sofria de múltiplos tumores no cérebro.

O homem a quem aconteceu o milagre tinha na época 35 anos de idade e estava em lua-de-mel quando teve de ser hospitalizado às pressas. No hospital, em Santos, ele foi diagnosticado com hidrocefalia e oito abscessos espalhados pelo cérebro. Durante a internação, sua esposa foi buscar ajuda espiritual com o padre Elmiran Ferreira, da paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na cidade vizinha de São Vicente. O padre lhe deu a medalhinha da Madre Teresa de Calcutá, que a mulher colocou no travesseiro do marido no hospital, além de rezar pedindo a sua intercessão pela cura. Com o esposo inconsciente no centro cirúrgico, um dos médicos saiu para buscar um dreno. Nesse ínterim, o homem acordou, recuperou plenamente os sentidos e tomou café sozinho. A cirurgia, marcada para o dia seguinte, simplesmente foi cancelada.

Além da medalhinha, o padre Elmiran deu à família uma oração para que fosse rezada de maneira intensa à então beata Madre Teresa. Eles rezaram. Segundo o seu testemunho, “a Madre Teresa se tornou conforto e alento naquela longa jornada“.

Mas que oração foi essa que a família fez e que foi atendida, agraciando o jovem com o milagre da cura?

Eis a oração:

“Beata Teresa de Calcutá,
tu permitiste ao sedento amor de Jesus na Cruz
tornar-se uma chama viva dentro de ti.
Chegaste a ser luz do Seu amor para todos.
Obtém do coração de Jesus… (pedir aqui a graça).
Ensina-me a deixar Jesus penetrar e possuir todo o meu ser,
tão completamente que a minha vida também possa irradiar
a Sua luz e amor para os outros.
          Amém”.


Sexta, 05/05/2017 - Com informações de ACI Digital / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...