Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 25/10/2018

Queridos filhos! Vocês tem uma grande graça de serem chamados a uma nova vida através das mensagens que EU estou lhes dando. Este, filhinhos, é um tempo de graça, um tempo e um chamado à conversão para vocês e às gerações futuras. Portanto, EU estou chamando vocês, filhinhos, rezem mais e abram seu coração ao MEU FILHO JESUS. EU estou com vocês e amo a todos vocês e abençôo vocês com a Minha Bênção Maternal. Obrigada por terem respondido ao Meu Chamado.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Convocação para amanhã: jornada de oração e jejum pela paz na Síria

Que Deus ilumine a consciência humana, a fim de que a Síria e o mundo recebam o dom da Sua paz

A Cáritas Italiana e a organização Pax Christi convocaram para esta quarta-feira, 12 de abril, uma jornada de oração e jejum pela paz na Síria.

Trata-se da véspera da Quinta-Feira Santa e a escolha dessa data pretende nos ajudar a “viver a paixão e a cruz de tantos inocentes dentro do mistério da Paixão de Cristo, à luz da esperança da Páscoa”.

A Síria está mergulhada numa guerra civil infernal desde 2011, agravada pelos avanços devastadores de grupos terroristas – o principal deles é o sanguinário Estado Islâmico.

No começo deste mês, um covarde crime de guerra perpetrado com o uso de armas químicas vitimou mais de 400 pessoas e provocou a morte de ao menos 131 civis na cidade de Idlib. Os EUA e seus aliados culparam pelo ataque o governo de Bashar al Assad, enquanto a Rússia o atribuiu a grupos rebeldes.

A respeito do caso hediondo, a Cáritas Italiana e a Pax Christi afirmaram em seu comunicado: “Sabemos que, na guerra, a verdade é a primeira vítima e pedimos com voz firme que os fatos sejam verificados”.

Destacando ainda que “toda guerra é um crime, uma loucura, o suicídio da humanidade, uma aventura sem volta”, as duas organizações convidam a “rezar pelas vítimas e a indignar-se contra a guerra e as armas, inclusive as armas nucleares. Estamos e continuamos ao lado das vítimas não só para ajudá-las a sobreviver à guerra, mas também para construir um futuro de paz duradoura baseada numa cultura de não violência. Somente graças aos jovens, a não violência finalmente florescerá de novo na sofrida nação síria“.

A propósito do mesmo crime de guerra, o Papa Francisco pediu, em 5 de abril, “a todos aqueles que têm responsabilidade política, tanto no nível local quanto no internacional, que ponham fim a esta tragédia e deem trégua a esta população, depois de tanto tempo de sofrimento por causa da guerra”.


Todos os cristãos estão convidados a se unirem a essa jornada de oração e jejum para que Deus conceda à Síria e ao mundo o dom da Sua paz.

Terça, 11/04/2017 - Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...