Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Convocação para amanhã: jornada de oração e jejum pela paz na Síria

Que Deus ilumine a consciência humana, a fim de que a Síria e o mundo recebam o dom da Sua paz

A Cáritas Italiana e a organização Pax Christi convocaram para esta quarta-feira, 12 de abril, uma jornada de oração e jejum pela paz na Síria.

Trata-se da véspera da Quinta-Feira Santa e a escolha dessa data pretende nos ajudar a “viver a paixão e a cruz de tantos inocentes dentro do mistério da Paixão de Cristo, à luz da esperança da Páscoa”.

A Síria está mergulhada numa guerra civil infernal desde 2011, agravada pelos avanços devastadores de grupos terroristas – o principal deles é o sanguinário Estado Islâmico.

No começo deste mês, um covarde crime de guerra perpetrado com o uso de armas químicas vitimou mais de 400 pessoas e provocou a morte de ao menos 131 civis na cidade de Idlib. Os EUA e seus aliados culparam pelo ataque o governo de Bashar al Assad, enquanto a Rússia o atribuiu a grupos rebeldes.

A respeito do caso hediondo, a Cáritas Italiana e a Pax Christi afirmaram em seu comunicado: “Sabemos que, na guerra, a verdade é a primeira vítima e pedimos com voz firme que os fatos sejam verificados”.

Destacando ainda que “toda guerra é um crime, uma loucura, o suicídio da humanidade, uma aventura sem volta”, as duas organizações convidam a “rezar pelas vítimas e a indignar-se contra a guerra e as armas, inclusive as armas nucleares. Estamos e continuamos ao lado das vítimas não só para ajudá-las a sobreviver à guerra, mas também para construir um futuro de paz duradoura baseada numa cultura de não violência. Somente graças aos jovens, a não violência finalmente florescerá de novo na sofrida nação síria“.

A propósito do mesmo crime de guerra, o Papa Francisco pediu, em 5 de abril, “a todos aqueles que têm responsabilidade política, tanto no nível local quanto no internacional, que ponham fim a esta tragédia e deem trégua a esta população, depois de tanto tempo de sofrimento por causa da guerra”.


Todos os cristãos estão convidados a se unirem a essa jornada de oração e jejum para que Deus conceda à Síria e ao mundo o dom da Sua paz.

Terça, 11/04/2017 - Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...