Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

21 sugestões para viver melhor esta Sexta-Feira Santa

Ideias para recolher-se, refletir, rezar, meditar e participar conscientemente do Sacrifício Redentor de Cristo

 1 – Acordar mais cedo que o habitual, para começar o dia oferecendo um gesto de abnegação e preparar o coração para o Sacrifício Redentor de Jesus.

 2 – Vestir-se de preto, simbolizando o luto pela morte de Cristo.

3 – Observar o jejum e a abstinência conforme requerido pela Igreja: apenas uma refeição completa e duas bem leves, mas, em todas, uma dose consciente de sacrifício.

4 – Jejuar também de pão, para recordar o Pão da Vida.

5 – Não ligar a TV, nem o computador, nem as mídias sociais, nem o telefone celular (sim, isso mesmo!) durante todo o dia.

6 – Evitar compras e outras atividades não essenciais que nos distraiam do significado deste dia.

7 – Rezar os mistérios dolorosos do rosário.

8 – Permanecer em silêncio a partir do meio-dia até as 3 da tarde, as horas em que Cristo sofreu crucificado para nos salvar.

9 – Se houver alguém em nossa vida que precisa do nosso perdão, perdoá-lo neste dia.

10 – Venerar a Santa Cruz, em nossa casa ou, de preferência, em uma igreja.

11 – Meditar sobre o versículo de João 3,16: “Deus amou tanto o mundo que deu o seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”.

12 – Rezar a Via Sacra (ou Via Crúcis), com os fiéis da paróquia ou em particular. Confira aqui como se reza.

13 – Visitar um doente para lhe transmitir esperança e fé na Vitória de Cristo.

14 – Visitar um presídio ou escrever uma carta a um preso, falando da misericórdia de Cristo, do arrependimento, do perdão e da conversão.

15 – Meditar sobre as Sete Últimas Palavras de Cristo.

16 – Ao limpar a casa, aproveitar para refletir sobre a limpeza que Cristo faz em nossa própria alma.

17 – Participar da celebração da Paixão do Senhor em nossa paróquia.

18 – Começar a Novena à Divina Misericórdia.

19 – Refletir sobre o indizível sofrimento de Maria, rezando o rosário das Sete Dores de Nossa Senhora. Confira aqui como rezá-lo.

20 – Escrever uma “carta” a Jesus apenas para Lhe agradecer por tudo que Ele fez por nós.

21 – Conversar sobre os acontecimentos salvíficos da Sexta-Feira Santa com alguém que faz parte da nossa vida e convidá-lo à missa de Páscoa para experimentar a Vitória de Cristo.


Quinta, 13/04/2017 - Adaptado de artigo no site Catholic Link (em inglês) / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...