Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O único medo da santa que viu Nossa Senhora de Lourdes

Havia guerra e pavor ao redor, mas o que ela temia era de outra natureza: "Eu só tenho medo dos maus católicos"

Santa Bernadette Soubirous é a menina para quem Nossa Senhora apareceu em Lourdes. Algum tempo depois das aparições, ela entrou para a vida religiosa, no convento de Nevers, adotando o nome de Irmã Marie-Bernard.

Em 1870, a guerra franco-prussiana rumava para o seu fim, com a derrota de Napoleão III. 
No entanto, os soldados da Prússia que marchavam pelo norte da França ainda representavam uma real ameaça e causavam pavor à população.

Por volta de 9 de dezembro, com os prussianos já nos limites do departamento de Nièvre, cuja capital é Nevers, o cavaleiro Gougenot des Mousseaux foi visitar a religiosa no convento para lhe fazer algumas perguntas.

Suas questões e as respostas de Santa Bernadette foram registradas para a posteridade pelo Conde Lafond, que, aliás, não demonstra grande apreço pessoal pela religiosa a julgar pelo comentário que escreve a seu respeito: “Irmã Marie-Bernard… Essa irmã não serve para nada e, no entanto, é considerada o tesouro de Saint-Gildard. Olham para ela como o baluarte da cidade episcopal e lhe atribuem a salvação durante a invasão de 1870; os prussianos estavam em todos os condados vizinhos e quase às portas de Nevers“.

O conde continua o seu relato reproduzindo a entrevista de Gougenot des Mousseaux a Santa Bernadette:

– Recebeu, na gruta de Lourdes ou depois, alguma revelação relacionada com o futuro e o destino da França? A Santíssima Virgem não lhe deixou nenhuma advertência ou ameaça de perigo para transmitir à França?

– Não.

– Os soldados da Prússia estão chegando. Não tem medo?

– Não.

– Então não há nada a temer?

– Eu só tenho medo dos maus católicos.

– Não tem medo de mais nada?

– Não, de mais nada.

____________


A imagem que ilustra este texto é uma foto do corpo intacto de Santa Bernadette, que, desde 3 de agosto de 1925, está exposto em uma urna de cristal na capela do convento de Saint-Gildard, em Nevers, França. A cidade fica na Borgonha, a 260 quilômetros de Paris.


Sexta, 31/03/2017 - Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...