Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Está desempregado? Reflita sobre os mistérios do terço

Quando estamos sem trabalho, os mistérios do terço ajudam a amenizar a nossa dor e incerteza, lembrando-nos do sofrimento de Cristo

Em um artigo sobre práticas cristãs no local de trabalho, David Mills escreve sobre uma empresa que “recentemente demitiu um monte de empregados em uma manhã de segunda-feira, dando-lhes 15 minutos para limparem suas mesas antes que elas fossem jogadas para fora do prédio. Um homem tinha trabalhado na editora durante 20 anos e foi recompensado desta forma”.

O texto me trouxe à mente esta meditação do terço para aqueles que perderam seus trabalhos e estão passando pelo difícil processo de encontrar um novo emprego.
A oração tem poder. Quando tudo está caindo aos pedaços, a oração segura. Qualquer um de nós pode, de repente, estar sem trabalho, e procurando por novas oportunidades de emprego. Neste momento, surge um crescente sentimento de impotência que pode, verdadeiramente, afetar tanto o ego, quanto o espírito. Mais uma vez, vemos que os Mistérios do Rosário, especificamente os Mistérios Dolorosos, ajudam a nos identificar com Cristo e juntar os nossos sofrimentos aos dele, para que todos possam ser apenas um.
Primeiro Mistério:
Jesus no Getsêmani
Oração:
Senhor, eu me sinto bloqueado e abandonado. Embora eu esteja cercado por pessoas bem-intencionadas, há uma sensação de isolamento. Os amigos que me prometeram apoio estão caindo. Ninguém consegue imaginar o que estou sentindo agora; eu não consigo mostrar o quanto estou com medo deste caminho incerto que se coloca diante de mim. Sei apenas que é um caminho que eu não escolheria. Só o senhor, Cristo, entende como eu oscilo entre a confiança e o medo.
Meditação
Enquanto você reza a dezena, pondere sobre a desolação e o medo de Jesus. Sua humanidade aqui ofusca sua própria divindade; o medo é trazido à tona, reconhecido e vivido, antes que a confiança e a rendição sejam capazes de tomar posse. Embora você possa estar mais assustado agora do que nunca, você pode trazer isso para Cristo. Ele também ficou muito assustado. Ele é o companheiro consciente, que o entende antes que você diga qualquer palavra.

Quinta, 23/03/2017 - Elizabeth Scalia / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...