Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Não procure o amor, deixe que ele te ache

Quem procura a outra metade, nunca vai ter o jantar servido. Quem já é panela cheia, vai poder sempre servir o próximo.


Pare de procurar amor em qualquer lugar, em qualquer pessoa.

Pare de querer se apaixonar pelo primeiro cara ou pela primeira menina que que você beija na balada. Não se apaixone pela ideia de estar apaixonado. Não seja tolo, amor não se cria, amor se constrói. Amor é tempo, é perdão. É compreender o tempo do outro, é saber esperar acontecer.

Não. Amar não é se doar completamente. Isso é caridade compulsiva. Amar é se colocar no lugar do outro, mas exigir respeito. É fazer muito pela pessoa, mas não fazer de tudo por ela. Amar é um verbo que deve ser conjugado todo dia, compartilhado todo dia. Ninguém ama da noite pro dia! Amores que nascem nessa velocidade, vão da mesma maneira.

Não existe amor à primeira vista. Existe atração, ligação. Amar é amar os defeitos, é saber que você vai se irritar profundamente com a outra pessoa, e mesmo assim, ainda vai ser amor. Não acredite em nenhum “eu te amo” dito às pressas, por formalidade ou por costume. Não queira amar logo de primeira, não force o sentimento. O nome diz tudo, a gente sente, somente sente. Comece a se amar mais, a procurar em você a falta que você sente. Outras pessoas serão sempre uma soma, nunca outra metade. Você é você por inteiro.

Quem procura a outra metade, nunca vai ter o jantar servido. Quem já é panela cheia, vai poder sempre servir o próximo. Ame você, aí você pode ter, com tempo e cuidado, o direito de amar outra pessoa!


Sábado, 14/01/2017 - Diálogos de Boteco / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...