Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Como conseguir a indulgência plenária pelo Ano da Misericórdia?

Restam poucos dias... aproveite!


No próximo dia 20 de novembro o Papa Francisco encerrará o Ano Santo da Misericórdia ao fechar a Porta Santa na Basílica de São Pedro. O mesmo farão as igrejas particulares ao redor do mundo no próximo dia 13 de novembro, quando deem por terminado este tempo especial de graça que levou também consigo a referência da Indulgência, que ainda é possível ganhar… mas restam poucos dias para fazê-lo.

Só é necessário seguir alguns passos, que compartilhamos a seguir:

1 – Peregrinar à Catedral ou a um Santuário Jubilar e entrar pela Porta Santa da Misericórdia;

2 – Acudir ao Sacramento da Confissão com o firme propósito de não pecar mais, nem sequer venialmente. Se recomenda confessar-se alguns dias antes da peregrinação ao templo jubilar. Também é possível receber o sacramento na Catedral ou Santuário escolhido para ganhar o jubileu.

3 – Participar da Celebração Eucarística na igreja jubilar e receber a Comunhão.

4 – Rezar o Credo.

5 – Oferecer a peregrinação, e a Santa Missa pela pessoa e intenções do Santo Padre.

6 – Realizar uma obra de misericórdia.

“O perdão de Deus não conhece limites”: Papa Francisco

O próprio Papa Francisco ao convocar o Jubileu Extraordinário da Misericórdia na Bula “Misericordiae Vultus”, recordou que o tempo jubilar leva consigo o sinal da Indulgência assinalando: “No Ano Santo da Misericórdia ela adquire uma relevância particular. O perdão de Deus por nossos pecados não conhece limites. Na morte e ressurreição de Jesus Cristo, Deus faz evidente este amor que é capaz inclusive de destruir o pecado dos homens. Deixar-se reconciliar com Deus é possível por meio do mistério pascal e da mediação da Igreja. Assim então, Deus está sempre disponível ao perdão e nunca se cansa de oferecê-lo de maneira sempre nova e inesperada”.

O Papa também afirmou que “viver então a indulgência no Ano Santo significa aproximar-se da misericórdia do Pai com a certeza que seu perdão se estende sobre toda a vida do crente”, já que a Indulgência “é experimentar a santidade da Igreja que oferece a todos os benefícios da redenção de Cristo, para que o perdão seja estendido até as extremas consequências a qual chega o amor de Deus”.


Neste sentido Francisco exortou a viver “intensamente o Jubileu pedindo ao Pai o perdão dos pecados e a dispensa de sua indulgência misericordiosa”.


Quinta, 10/11/2016 - Gaudium Press / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...