Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Palestra vidente Ivan em 29/10/2016 em Medjugorje

Palestra do vidente Ivan na colina das aparições em 29/10/2016:
As primeiras palavras que Nossa Senhora pronunciou no segundo dia das aparições em 1981 foram estas. Nós tínhamos perguntando a Ela quem Ela era e como se chamava e Ela nos disse: “Eu sou a Rainha da Paz. Eu vim, queridos filhos, porque Meu Filho Me manda para ajuda-los. Queridos filhos: paz, paz, paz. Somente a paz ! A paz deve reinar no mundo. A paz deve reinar entre Deus e os homens e entre aos homens entre si”. Estas foram as primeiras mensagens que Nossa Senhora transmitiu ao mundo através de nós os videntes.
Nestas palavras notamos qual é o maior desejo de Nossa Senhora: A PAZ. A paz nos nossos corações. Porque Nossa Senhora diz: “Queridos filhos, se não existe paz nos corações dos homens, se não existe paz entre os homens, se não existe paz nas famílias, não pode haver paz no mundo. Por isto, queridos filhos, abram-se ao dom da paz, rezem pelo dom da paz. De modo particular, queridos filhos, os chamo a retornarem para a oração familiar. Que com o retorno da oração familiar, retornará também a paz. Que cada família seja uma capela onde se reza.  Queridos filhos, não existe uma Igreja viva orante sem uma família viva orante. Se queremos que a Igreja hoje seja forte, primeiro a família deve ser forte, a família deve começar a viver a Palavra de Deus”. Nossa Senhora deseja que coloquemos Deus em primeiro lugar em nossas vidas e com Ele andemos em direção a futuro.
A família moderna está ferida, a família de hoje sangra. A família de hoje necessita de uma cura espiritual. Somente curando a família se poderá curar esta sociedade e este mundo.
A Mãe vem até nós. Vem porque deseja consolar e encorajar a todos. Traz um medicamento celeste, uma cura celeste às nossas dores. Ela quer nos guiar até o Seu Filho Jesus. Em uma mensagem Nossa Senhora disse: “Queridos filhos, hoje como nunca antes, a humanidade atravessa uma crise assim muito pesada e profunda. Mas a maior crise é a da fé em Deus”. Porque estamos longe de Deus, longe da oração e desejamos criar sozinhos um futuro sem Deus.
Hoje desapareceu o amor no âmbito familiar. Não existe amor nas famílias e nem mesmo perdão.
A Mãe vem até nós não para nos punir, nem para trazer o medo. A Mãe não veio para nos falar sobre a segunda vinda de Jesus, para falar sobre o fim do mundo. Ao contrário, Ela vem até nós porque deseja nos tirar destas trevas, para nos guiar em direção à esperança.
De modo particular Nossa Senhora nos pede para colocarmos a Santa Missa como o centro de nossas vidas. Em uma aparição Ela nos disse: “Queridos filhos, se vocês amanhã tiverem que escolher entre virem até Mim ou irem até a Santa Missa não venham até Mim, vão até a Santa Missa. Porque ir até a Santa Missa significa ir até Jesus, que se dá na Santa Missa”. Dar-se a Jesus, abrir-se a Jesus e receber Jesus na Santa Comunhão.
Nossa Senhora nos convida à Confissão Mensal e a adorar Jesus no Santíssimo Sacramento do altar, a venerar a Santa Cruz. Particularmente Nossa Senhora também convida aos sacerdotes a sempre mais abrirem as igrejas para adorarem o Santíssimo Sacramento do altar.
Convida a rezar o Rosário em nossas famílias, a ler a Sagrada Escritura em nossas famílias. Em uma mensagem Nossa Senhora disse: “Queridos filhos, que a Bíblia esteja em um local visível em suas casas. Leiam a Sagrada Escritura”. Que a Bíblia seja um alimento espiritual em suas vidas.
Nossa Senhora nos convida ao perdão. Amem os outros, perdoem os outros. Nossa Senhora nos chama tanto ao perdão. Perdoar a nós mesmos, perdoar os outros e assim abrir o caminho ao Espirito Santo em nossas vidas para que possamos ser curados. Sem o perdão não poderemos ser curados nem espiritualmente, nem fisicamente, nem emocionalmente. Para que o nosso perdão seja santo, seja perfeito devemos rezar.
Nossa Senhora de um modo particular convida todos a rezar com o coração. Não somente com os lábios. Não rezar de uma maneira mecânica. Rezar com o coração significa rezar com amor e por amor. Rezar com todo o nosso ser. Que a nossa oração se torne um alegre encontro com Jesus, um diálogo com Jesus. Que possamos sair desta oração cheios de paz e da alegria. Nossa Senhora diz: “Queridos filhos, que a oração seja alegria para vocês. Alegrem-se na oração. Aquele que reza não deve ter medo do futuro”.
Em todos estes anos, Nossa Senhora nos convida a escola da oração. A Mãe vem até nós como a Mestre, como a Professora desta escola e nesta escola Ela quer nos educar. Ela quer nos guiar de maneira pastoral. Em uma mensagem Ela disse: “Queridos filhos, se desejam rezar melhor, devem tentar sempre rezar mais. Porque rezar mais é sempre uma decisão pessoal, mas rezar mais é uma Graça Divina que é dada àqueles que rezam mais”.
Frequentemente dizemos que não temos tempo para a oração. Temos tanto trabalho, estamos tão ocupados… sempre quando precisamos rezar, temos problemas com o tempo. Mas Nossa Senhora nos diz sempre: “Queridos filhos, o problema não é o tempo. O verdadeiro problema é o amor. Porque, queridos filhos, quando o homem ama algo, sempre acha tempo para esta coisa. Mas quando o homem despreza algo, quando não ama, nunca acha tempo para isto. Vocês verão que, quando se ama, tudo é possível”.
Espero que todos nós respondamos o chamado de Nossa Senhora e começaremos a viver tudo aquilo que Ela nos convida. Que com responsabilidade acolheremos as Suas mensagens e junto com Ela rezarmos e ajudá-La a realizar os projetos que Ela tem para o mundo e para cada um de nós. Particularmente hoje rezamos pela Evangelização das famílias e da Igreja.
Que sejamos hoje sinais vivos. Sinais da fé viva. Decidamos pela paz. Rezemos pela paz. Decidamos por Deus porque somente em Deus encontraremos a verdadeira paz.
Queridos amigos, que assim seja.
Rezemos agora um pai-nosso, uma ave-maria e um gloria ao pai.
Permaneçamos em silêncio e recolhimento. Obrigado.

Domingo, 30/10/2016 - Medjugorje Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...