Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Você sabia que a Igreja Católica é constituída por 24 Igrejas autônomas?

Pois é! A Igreja Católica não se limita ao rito romano: ela é uma grande comunhão de 24 Igrejas, sendo 1 ocidental e 23 orientais.

Você sabia que a Igreja Católica é atualmente constituída por 24 Igrejas autônomas “sui juris”?

Pois é! A Igreja Católica não se limita ao rito romano. Ela é uma grande comunhão de 24 Igrejas, sendo 1 ocidental e 23 orientais.

A ocidental é a Igreja Católica Apostólica Romana, chamada “ocidental” por conta da localização geográfica de Roma e não porque a sua presença se restrinja a países do Ocidente: na verdade, a Igreja Romana está presente no mundo inteiro e tem dioceses em todos os continentes, de Portugal ao Japão, do Brasil à Rússia, de Angola à China, do Canadá à Nova Zelândia.

As Igrejas católicas orientais também têm fiéis espalhados pelo mundo, mas, por razões históricas, estão mais fortemente presentes nos lugares onde surgiram. Possuem tradições culturais, teológicas e litúrgicas diferentes, bem como estrutura e organização territorial própria, mas professam a mesma e única doutrina e fé católica, mantendo-se, portanto, em comunhão completa entre si e com a Santa Sé.

Todas as 24 Igrejas que compõem a Igreja Católica são consideradas Igrejas “sui juris”, ou seja, são autônomas para legislar de modo independente a respeito de seu rito e da sua disciplina, mas não a respeito dos dogmas, que são universais e comuns a todas elas e garantem a sua unidade de fé – formando, na essência, uma única Igreja Católica obediente ao Santo Padre, o Papa, que a todas preside na caridade.

A legislação de cada Igreja “sui juris” é estudada e aprovada pelo seu respectivo sínodo, ou seja, pela reunião dos seus bispos sob a presidência do seu arcebispo-maior ou patriarca. Por exemplo, a Igreja Melquita é presidida por Sua Beatitude o Patriarca Gregório III; a Igreja Greco-Católica Ucraniana, por Sua Beatitude o Arcebispo-Maior Dom Sviatoslav Shevchuk. A Igreja Romana é presidida diretamente pelo Papa Francisco, bispo de Roma, que é também o líder de toda a grande comunhão da Igreja Católica em suas diversas tradições.

É muito comum até hoje, em especial no Ocidente, confundir a Igreja Romana com a totalidade da Igreja Católica, um erro que vem acontecendo há séculos e que, ao longo da história, já causou sérios prejuízos aos católicos de ritos orientais. O que é preciso entender é que todos os católicos romanos são, obviamente, católicos; mas nem todos os católicos são católicos romanos. E esta é mais uma das tantíssimas riquezas do infinito tesouro da Igreja que é Una, Santa, Católica e Apostólica!

O Concílio Vaticano II reconheceu que todos os ritos aprovados pelas Igrejas que formam a Igreja Católica têm a mesma dignidade e direito e devem ser preservados e promovidos.

Aliás, por falar em rito, outra confusão frequente é feita entre o rito latino e o rito romano: os termos costumam ser usados como sinônimos, mas, tecnicamente, além do rito romano, também existem outros ritos latinos de certas Igrejas locais, como o ambrosiano, e os de algumas ordens religiosas; entretanto, todos fazem parte da mesma tradição litúrgica, comumente denominada romana. Quanto aos ritos orientais, as diferenças são mais marcadas pela diversidade de tradições: são eles o alexandrino ou copta, o bizantino, o antioqueno ou siríaco ocidental, o caldeu ou siríaco oriental, o armênio e o maronita.

Mas quais são, afinal, as Igrejas “sui juris” que formam a Igreja Católica? Eis a impressionante lista:

DE RITO OCIDENTAL
Tradição litúrgica latina ou romana:
  1. Igreja Católica Apostólica Romana (sede em Roma)

DE RITOS ORIENTAIS
Tradição litúrgica alexandrina:
  1. Igreja Católica Copta (patriarcado; sede no Cairo, Egito)
  2. Igreja Católica Etíope (metropolitanato; sede em Adis Abeba, Etiópia)
  3. Igreja Católica Eritreia (metropolitanato; sede em Asmara, Eritreia)
Tradição litúrgica bizantina:
  1. Igreja Greco-Católica Melquita (patriarcado; sede em Damasco, Síria)
  2. Igreja Católica Bizantina Grega (eparquia; sede em Atenas, Grécia)
  3. Igreja Católica Bizantina Ítalo-Albanesa (eparquia; sede na Sicília, Itália)
  4. Igreja Greco-Católica Ucraniana (arcebispado maior; sede em Kiev, Ucrânia)
  5. Igreja Greco-Católica Bielorrussa (também chamada Católica Bizantina Bielorussa)
  6. Igreja Greco-Católica Russa (sede em Novosibirsk, Rússia)
  7. Igreja Greco-Católica Búlgara (eparquia; sede em Sófia, Bulgária)
  8. Igreja Católica Bizantina Eslovaca (metropolitanato; sede em Prešov, Eslováquia)
  9. Igreja Greco-Católica Húngara (metropolitanato; sede em Nyíregyháza, Hungria)
  10. Igreja Católica Bizantina da Croácia e Sérvia (eparquia; sedes em Križevci, Croácia, e Ruski Krstur, Sérvia)
  11. Igreja Greco-Católica Romena (arcebispado maior; sede em Blaj, Romênia)
  12. Igreja Católica Bizantina Rutena (metropolitanato; sede em Pittsburgh, Estados Unidos)
  13. Igreja Católica Bizantina Albanesa (eparquia; sede em Fier, Albânia)
  14. Igreja Greco-Católica Macedônica (exarcado ou exarquia; sede em Escópia, Macedônia)
Tradição litúrgica armênia:
  1. Igreja Católica Armênia (patriarcado; sede em Beirute, Líbano)
Tradição litúrgica maronita:
  1. Igreja Maronita (patriarcado; sede em Bkerke, Líbano)
Tradição litúrgica antioquena ou siríaca ocidental:
  1. Igreja Católica Siríaca (patriarcado; sede em Beirute, Líbano)
  2. Igreja Católica Siro-Malancar (arcebispado maior; sede em Trivandrum, Índia)
 Tradição litúrgica caldeia ou siríaca oriental:
  1. Igreja Católica Caldeia (patriarcado; sede em Bagdá, Iraque)
  2. Igreja Católica Siro-Malabar (arcebispado maior; sede em Cochim, Índia)

Quinta, 04/08/2016 - Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...