Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Garotinho vai até abrigo para adotar um animal e reencontra seu gato desaparecido há um ano

Fotos: Reprodução

Porque o carinho de Deus se manifesta até nas circunstâncias mais inesperadas.


Esta história poderia inspirar o roteiro de um filme hollywoodiano. O pequeno Ronnie, que tem 5 anos de idade, precisou enfrentar a dor de perder o seu gato. O gatinho Phoenix sumiu de casa e, por mais que a família tenha procurado o animal, eles não conseguiram descobrir o paradeiro do pet.

Um ano e meio após o ocorrido, a mãe de Ronnie levou o menino até um abrigo para adotar um novo animal de estimação. O que eles não esperavam era encontrar o seu antigo gato entre os pets que estavam disponíveis para adoção.

Phoenix foi encontrado na rua por um desconhecido e encaminhado até o abrigo. Na época, descobriram que o animal tinha um microchip, mas o dispositivo estava com as informações erradas e, portanto, não conseguiram contactar Ronnie.

Ao avistar Phoenix, o garotinho não conseguiu conter a emoção e começou a chorar de tanta felicidade. “Foi maravilhoso poder abraçá-lo novamente, ele virou uma parte importante da nossa vida.”, disse o garotinho ao Daily Mail.

Graças ao reencontro, Ronnie pôde conviver novamente com o gato, que voltou a desfrutar do conforto e carinho de sua família.


Segunda, 15/08/2016 - Petcidade / Aleteia


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...