Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Garantir a liberdade de informação e evitar abusos nos meios de comunicação!

O quarto poder.

Os três poderes da união, Executivo, Legislativo e Judiciário têm, cada um, funções pré-estabelecidas. Assim, um não deve se sobressair ao outro, mantendo, desta forma, um equilíbrio entre eles. Ruy Barbosa, em seu artigo intitulado como "O compromisso da mídia com a verdade", relaciona os meios midiáticos  à estrutura política do Estado. A mídia, então, é considerada como o quarto poder. 

No primeiro império, Dom Pedro I, além de outorgar a Constituição, criou o poder Moderador. Este, comandado pelo próprio Imperador, tinha total autonomia diante dos outros. A correlação entre o quarto poder de Ruy Barbosa e o de Pedro I baseia-se no fato de que a mídia, enquanto poder hipotético, sobressaia aos outros. Dessarte, a liberdade de informação torna-se um abuso, indo de encontro ao equilíbrio almejado. 

Atualmente, o maniqueísmo se faz bastante presente nos veículos de comunicação. A constante disputa entre o bem e o mal é comum no jornalismo tendencioso. No cenário político do processo de impeachment da presidente Dilma, a Rede Globo e o jornal Folha de São Paulo trouxeram claros exemplos disso.

As manifestações contra e favor ao afastamento, eram transmitidas com um teor extremamente parcial. As manchetes dos diários também estavam repletas de elementos que mascaravam o real conteúdo da notícia. Ademais, a utilização de recursos de manipulação, é recorrente no meio midiático. Isso pode colaborar com uma posterior alienação àqueles que se prendem apenas a primeira informação fornecida.

Em primeiro lugar, caberia, portanto, à sociedade, não ficar presa a um único veículo de notícias, para que a alienação seja evitada. Também é importante que a regularização da mídia, assunto que já faz parte do cotidiano de muitos, realmente aconteça. Com isso, a autonomia atribuída à imprensa, poderá ser destituída e a manipulação de informações amenizada, tornando assim, o compromisso com a verdade, uma situação real.

Clara Barbosa

Quarta, 27/07/2016 - AblogPE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...