Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O último dia de Pompeia em uma animação

Vídeo reproduz a erupção do Vesúvio que acabaria com a antiga cidade do sul da Itália.


O Vesúvio é o único vulcão ativo na Europa continental. Localizado na costa oeste da Itália, é conhecido pela erupção que, no ano 79 d.C., devastou a cidade de Pompeia. Ainda hoje, o Vesúvio é considerado uma ameaça potencial para Nápoles e os vilarejos vizinhos que crescem nas encostas do vulcão.

Segundo Sêneca (filósofo do Império Romano), quando o Vesúvio devastou Pompeia no ano 79, a cidade estava se recuperando da devastação causada por um terremoto do ano de 62.

Plínio, que viu a erupção do vulcão a partir da cidade vizinha Miseno, descreveu a coluna de fumaça como “semelhante a um pinheiro Mediterrâneo. Como se fosse uma árvore excepcionalmente alta, a coluna de fumaça ergueu-se e expandiu-se em diferentes ramos. Às vezes branco, às vezes manchado por areia e cinzas”.

Este vídeo, produzido pela Zero One para o Museu de Melbourne, mostra a evolução da erupção, hora a hora, vista a partir da própria Pompeia.


VEJA O VÍDEO:




Quinta, 16/06/2016Daniel R. Esparza / Aleteia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...