Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Dê muita importância ao seu escapulário: ele é um seguro de salvação!

Ele é um seguro de salvação: “Qualquer pessoa que morra com ele posto não sofrerá o fogo eterno”. Promessa de Maria Santíssima, feita no dia 16 de julho de 1251 a São Simão Stock.

Sim, falamos do escapulário, uma dádiva preciosa que a própria Virgem Santíssima nos trouxe do céu. “Usa-o devotamente e com perseverança”, diz ela a cada alma: “é o meu vestido. Usá-lo significa que estás continuamente a pensar em mim e que eu, de igual modo, estou sempre a pensar em ti, ajudando-te a assegurar a vida eterna”.

Santo Afonso Maria de Ligório comenta: “Assim como os homens ficam orgulhosos quando outros usam a sua insígnia, assim a Santíssima Virgem se alegra quando os seus filhos usam o escapulário como sinal de que se dedicam ao seu serviço e são membros da família da Mãe de Deus”.

Como ele, são vários os santos que usaram e recomendaram o uso do escapulário.

A verdadeira devoção a Maria consiste em veneração, confiança e amor. Mesmo sem ficar repetindo a Maria que a venera, a ama e confia nela, um fiel pode lhe “dizer” isto o tempo todo apenas usando o escapulário. O escapulário é, pois, um ato de oração!

Quando vestimos esta oração, Nossa Senhora nos atrai ao Coração Sacratíssimo do seu Divino Filho Jesus. Uma oração feita de coração enquanto se segura o próprio escapulário é especialmente poderosa, em particular nas horas de tentação: o espírito do mal fica desarmado quando alguém que usa o escapulário enfrenta a tentação chamando por Maria mediante a sua devoção silenciosa.

Talvez muitos católicos não saibam, mas é desejo e recomendação dos papas que seja usado de preferência o escapulário de tecido marrom, e que a medalha-escapulário o substitua somente se houver motivo suficiente. Saiba mais sobre a história do escapulário.

Quarta, 08/06/2016 - ALETEIA TEAM
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...