Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/04/2019

“Queridos filhos, como MÃE que conhece os SEUS filhos, sei vocês desejam o MEU FILHO. EU sei que vocês desejam a VERDADE, a PAZ, aquilo que é puro e não é falso.

Por isto EU, como MÃE, através do AMOR DE DEUS, me dirijo a vocês e os convido, a fim de que, rezando com o coração puro e aberto, conheçam por vocês mesmos o MEU FILHO, o SEU AMOR, o SEU CORAÇÃO MISERICORDIOSO.

O MEU FILHO via a beleza em todas as coisas.

ELE procura o BEM, até mesmo naquilo que é pequeno e escondido, em todas as almas, para perdoar o mal.

Por isto, filhos MEUS, apóstolos do MEU AMOR, os convido a adorá-LO, a agradecê-LO continuamente e a serem dignos para ELE. Porque ELE disse para vocês PALAVRAS DIVINAS, as PALAVRAS DE DEUS, as PALAVRAS que são para todos e para sempre.

Por isto, filhos MEUS, vivam a serenidade, a alegria e o amor recíproco.

Isto é o que é necessário para vocês no mundo de hoje: assim serão apóstolos do MEU AMOR, assim vocês testemunharão o MEU FILHO de maneira justa.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Igreja de Nossa Senhora de Lourdes é arrombada em Gravatá

Localizada no Bairro Novo, a igreja, que está em construção, foi arrombada e teve o Sacrário violado.

Mais uma igreja católica vítima da violência e atos de vandalismo em Gravatá. Na madrugada da última quinta-feira (12), a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, que pertence à Área Pastoral de mesmo nome, localizada no Bairro Novo, próximo a caixa d’água da Compesa, teve seu portão arrombado. Armários, gavetas e roupeiros foram vasculhados e o Sacrário, lugar sagrado onde é guardado Jesus na Santa Eucaristia, foi violado. As hóstias consagradas (partículas do Corpo de Cristo), foram jogadas ao chão, em um ato de total desrespeito à fé dos cristãos de nossa cidade.

O padre, Fernando Lima, responsável pela Área Pastoral Nossa Senhora de Lourdes, registrou o ocorrido na 62ª Delegacia de Polícia de Gravatá, e o caso será investigado. A comunidade está revoltada com o ato de violência e desrespeito à fé de um povo.

HISTÓRICO: No ano passado, três igrejas da cidade foram violadas, entre elas, a Igreja de São Pedro e São Paulo, no bairro Suíça Brasileira que teve o equipamento de som furtado no mês de novembro de 2015; ainda no mesmo mês, no dia 23, a igreja de Santa Luzia, na Rua do Norte também teve o Sacrário violado, e foi furtado junto com as hóstias consagradas. Em julho de 2015, a igreja de Cristo Rei, no bairro do Cruzeiro também foi violada, e alguns objetos foram destruídos e furtados. Todos os casos foram registrados na 62ª Delegacia de Polícia de Gravatá.


Domingo. 15/05/2016 - Pascom por e-mail



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...