Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Triagem para cirurgias de catarata acontece em Gravatá

A ação, uma parceria entre a Prefeitura e a Fundação Altino Ventura estima atender 500 pessoas.

A Prefeitura de Gravatá e a Fundação Altino Ventura (FAV) são parceiras na realização de uma triagem para a realização de cirurgias de catarata – doença que provoca a falta de nitidez na visão. Os atendimentos iniciaram na última segunda-feira (25), e seguem até a próxima sexta-feira (29), no setor de Regulação em Saúde, que fica no prédio do Centro de Saúde (antiga SUCAM), na Rua Dr. Regis Velho, S/N no bairro do Cruzeiro. O público alvo são os idosos com mais de 50 anos e portadores de dificuldades na visão.
A iniciativa foi uma solicitação da Secretaria Municipal de Saúde que, em 18 de março, encaminhou um ofício para a FAV solicitando a parceria. O objetivo é detectar os pacientes que possuem a doença e necessitam do procedimento cirúrgico que, posteriormente, será realizado.
Neste primeiro momento do projeto, 500 pessoas serão atendidas, em 100 atendimentos por dia. O horário de atendimento é das 7h às 12h, pela manhã, e das 13h ás 17h, à tarde.
De acordo com o assistente de oftalmo, Alessandro Reis, após a triagem, os pacientes diagnosticados para cirurgias deverão realizar, imediatamente, os exames pré-operatórios. “Os pacientes foram encaminhados pelas unidades de saúde da família e, hoje, passam pelo oftalmologista para diagnosticar a necessidade de realizar a cirurgia de catarata. Em seguida, eles irão realizar os exames de sangue e parecer cardiológicos que serão ofertados pela Secretaria de Saúde”, informou.
A gravataense, Severina Francisca da Silva, 68 anos, realizou a cirurgia de catarata em um olho no ano de 2014 e, hoje, participou da triagem para operar o segundo olho neste projeto. “Há dois anos eu operei um olho que eu não enxergava bem e agora está tudo ótimo. Hoje vou passar pelo médico para operar o segundo olho. Essa ação é importante porque nos devolve a visão e, o melhor, sem custo. Eu não teria condições de pagar a cirurgia”, destacou.
Na segunda etapa do projeto, que acontece de 26 a 30 de julho, a unidade móvel da FAV irá realizar as cirurgias em Gravatá, em frente ao Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa, no bairro Nossa Senhora das Graças. 
CIRURGIA DE CATARATA: Também conhecida como facectomia, é a remoção do cristalino do olho que tornou-se opaco. O cristalino é uma lente transparente existente nos olhos. Com o passar dos anos, e devido as variações metabólicas das fibras do cristalino induzidas, principalmente, pela radiação ultravioleta, essa lente natural perde a transparência ficando opaca, amarelada.  
A perda de transparência do cristalino causa diminuição da acuidade visual. Durante a cirurgia, a lente natural é removida e substituída por uma lente sintética, chamada lente intraocular, responsável pela recuperação da transparência. A cirurgia é feita sob anestesia local e o paciente não precisa dormir no hospital (internação de curta permanência ou internação-dia).

Terça, 26/04/2016 - Fonte: Prefeitura de Gravatá / Fotos: Ednaldo Lourenço
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...