Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Triagem para cirurgias de catarata acontece em Gravatá

A ação, uma parceria entre a Prefeitura e a Fundação Altino Ventura estima atender 500 pessoas.

A Prefeitura de Gravatá e a Fundação Altino Ventura (FAV) são parceiras na realização de uma triagem para a realização de cirurgias de catarata – doença que provoca a falta de nitidez na visão. Os atendimentos iniciaram na última segunda-feira (25), e seguem até a próxima sexta-feira (29), no setor de Regulação em Saúde, que fica no prédio do Centro de Saúde (antiga SUCAM), na Rua Dr. Regis Velho, S/N no bairro do Cruzeiro. O público alvo são os idosos com mais de 50 anos e portadores de dificuldades na visão.
A iniciativa foi uma solicitação da Secretaria Municipal de Saúde que, em 18 de março, encaminhou um ofício para a FAV solicitando a parceria. O objetivo é detectar os pacientes que possuem a doença e necessitam do procedimento cirúrgico que, posteriormente, será realizado.
Neste primeiro momento do projeto, 500 pessoas serão atendidas, em 100 atendimentos por dia. O horário de atendimento é das 7h às 12h, pela manhã, e das 13h ás 17h, à tarde.
De acordo com o assistente de oftalmo, Alessandro Reis, após a triagem, os pacientes diagnosticados para cirurgias deverão realizar, imediatamente, os exames pré-operatórios. “Os pacientes foram encaminhados pelas unidades de saúde da família e, hoje, passam pelo oftalmologista para diagnosticar a necessidade de realizar a cirurgia de catarata. Em seguida, eles irão realizar os exames de sangue e parecer cardiológicos que serão ofertados pela Secretaria de Saúde”, informou.
A gravataense, Severina Francisca da Silva, 68 anos, realizou a cirurgia de catarata em um olho no ano de 2014 e, hoje, participou da triagem para operar o segundo olho neste projeto. “Há dois anos eu operei um olho que eu não enxergava bem e agora está tudo ótimo. Hoje vou passar pelo médico para operar o segundo olho. Essa ação é importante porque nos devolve a visão e, o melhor, sem custo. Eu não teria condições de pagar a cirurgia”, destacou.
Na segunda etapa do projeto, que acontece de 26 a 30 de julho, a unidade móvel da FAV irá realizar as cirurgias em Gravatá, em frente ao Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa, no bairro Nossa Senhora das Graças. 
CIRURGIA DE CATARATA: Também conhecida como facectomia, é a remoção do cristalino do olho que tornou-se opaco. O cristalino é uma lente transparente existente nos olhos. Com o passar dos anos, e devido as variações metabólicas das fibras do cristalino induzidas, principalmente, pela radiação ultravioleta, essa lente natural perde a transparência ficando opaca, amarelada.  
A perda de transparência do cristalino causa diminuição da acuidade visual. Durante a cirurgia, a lente natural é removida e substituída por uma lente sintética, chamada lente intraocular, responsável pela recuperação da transparência. A cirurgia é feita sob anestesia local e o paciente não precisa dormir no hospital (internação de curta permanência ou internação-dia).

Terça, 26/04/2016 - Fonte: Prefeitura de Gravatá / Fotos: Ednaldo Lourenço
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...