Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Novena ao Anjo da Guarda

Uma devoção de reconhecimento, gratidão e confiança no amigo que Deus Pai nos deu para nos cuidar nesta peregrinação.


PRIMEIRO DIA:

Ó fidelíssimo executor das ordens de Deus, santíssimo Anjo, meu protetor, que, desde o primeiro instante da minha existência, velas sempre com solicitude à guarda do meu corpo e da minha alma: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos Anjos que a bondade Divina comprometeu à Guarda dos homens. Eu te peço instantemente: redobra a tua atenção para me preservar de toda queda nesta presente peregrinação, a fim de que a minha alma se conserve sempre pura.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


SEGUNDO DIA:

Ó meu companheiro amantíssimo, meu único amigo verdadeiro, meu Santo Anjo da Guarda, que, em todos os tempos e lugares, me dás a honra da tua venerável presença: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos Arcanjos, encarregados por Deus de anunciar os eventos grandes e misteriosos. Eu te peço insistentemente: ilumina o meu espírito para conhecer a Vontade Divina e dispõe meu coração para executá-la sempre perfeitamente, a fim de que, agindo sem cessar conforme a fé que professo, obtenha na outra vida a recompensa prometida aos verdadeiros fiéis.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


TERCEIRO DIA:

Ó meu mestre sapientíssimo, meu Santo Anjo da guarda, que nunca cessas de me ensinar a verdadeira ciência dos Santos,  eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos principados, encarregados de governar os espíritos inferiores para assegurar a pronta execução das ordens divinas. Eu te peço insistentemente: vela sobre os meus pensamentos, minhas palavras e  minhas ações, para que, aderindo em tudo aos teus salutares ensinamentos, eu não perca jamais de vista o santo temor de Deus, princípio único e infalível da verdadeira sabedoria.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


QUARTO DIA:

Ó meu amantíssimo educador, meu Santo anjo da guarda, que, por amáveis censuras e contínuas admoestações, me convidas a levantar da queda toda vez que, para minha infelicidade, caio: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro das Potestades, encarregadas de conter as forças do demônio contra nós. Eu te peço insistentemente: tira a minha alma do sono da tibieza em que ela vive atualmente, e que eu lute para triunfar sobre todos os meus inimigos.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


QUINTO DIA:

Ó meu poderosíssimo defensor, meu Santo Anjo da Guarda, que, mostrando-me as armadilhas do demônio e ocultando de mim as pompas deste mundo e os prazeres da carne, me facilitas a vitória e o triunfo: eu vos saúdo e vos agradeço, em união com todo o coro das Virtudes, destinadas por Deus Todo-Poderoso a operar os milagres e a conduzir os homens à Santidade. Eu vos peço insistentemente: socorre-me em todos os perigos, defende-me em todos os assaltos, a fim de que eu possa avançar com segurança na via de todas as virtudes, em particular da humildade, da pureza, da obediência e da caridade, que são as mais queridas por ti e as mais indispensáveis à salvação.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


SEXTO DIA:

Ó meu inefável conselheiro: meu Santo Anjo da Guarda, que, de maneira muito eficaz, me fazes conhecer a vontade de Deus e os meios mais próprios para cumpri-la: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro das Dominações, eleitas por Deus para comunicar os seus segredos e nos dar a força para dominar nossas paixões. Eu te peço insistentemente; livra o meu espírito de todas as dúvidas inoportunas e de todas as perniciosas perplexidades, a fim de que, livre de todo receio, siga sempre os teus avisos, que são conselhos de paz, de justiça e de santidade.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


SÉTIMO DIA:

Ó meu zelosíssimo advogado, meu Santo Anjo da Guarda, que, por incessantes orações pleiteias no céu a causa da minha salvação eterna e desvias minha cabeça dos castigos merecidos, eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos Tronos, escolhidos para manter os homens nos bons empreendimentos. Eu te peço insistentemente: coroa a tua caridade obtendo-me o dom inestimável da perseverança final, para que, na morte, eu passe felizmente das misérias desta vida e deste exílio para as alegrias eternas da pátria celeste.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


OITAVO DIA:

Ó dulcíssimo consolador de minha alma, meu Santo Anjo da guarda, que, por suaves inspirações, me reconfortas nas vicissitudes da vida presente e em todos os temores da vida futura: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos Querubins, que, cheios da ciência de Deus, são encarregados de iluminar a nossa ignorância. Eu te peço insistentemente: assiste-me e consola-me, tanto nas adversidades atuais quanto na última agonia, para que, seduzido pela doçura divina, eu feche o meu coração a todos os atrativos enganadores desta terra, a fim de repousar na esperança da felicidade eterna.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.


NONO DIA:

Ó príncipe nobílimo da corte celeste, infatigável cooperador de minha salvação eterna, meu Santo Anjo da Guarda, que marcas cada instante com inumeráveis benefícios: eu te saúdo e te agradeço, em união com todo o coro dos Serafins, que, inflamados do divino amor, são escolhidos para abrasar os nossos corações. Eu te peço insistentemente: acende em minha alma uma faísca desse amor de que tu queimas sem cessar, a fim de que, tendo abolido em mim tudo que é do mundo e da carne, eu me eleve sem obstáculos à contemplação das coisas celestes, e, após ter sempre correspondido fielmente à vossa amorosa solicitude sobre a terra, eu chegue enfim, contigo, ao Reino da Glória.

Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a Piedade Divina, sempre me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.

V) Rogai por nós, Bem-Aventurados Anjos de Deus,
R) Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos:
Ó Deus, que, por inefável Providência vos dignais enviar os vossos Anjos a fim de nos guardarem, dai-nos a graça de aqui na terra colher os efeitos da sua proteção eficaz e partilhar um dia da sua felicidade; nós vo-lo pedimos pelos méritos de Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim seja.



Segunda, 04/04/2016 - Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...