Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

12 sinais de que você está com a pessoa errada

"O amor não deve nascer na areia dos sentimentos que vêm e vão, mas sim na rocha do amor verdadeiro, o amor que vem de Deus" (Papa Francisco).

O verdadeiro significado do namoro é muitas vezes tergiversado pelas condições nas quais nossa sociedade vive. A realidade é que é um período no qual as duas pessoas descobrem se realmente têm afinidades: gostos, preferências, hábitos.

Os namorados fazem de tudo para agradar um ao outro, mas há vários aspectos que podem nos indicar quando as coisas não vão bem, quando não estão tomando o rumo certo, e isso mostra que você pode estar com a pessoa errada.

Não sou um guru em temas de namoro e relações interpessoais, mas, a partir da minha experiência, e da experiência de várias pessoas com quem convivo, posso enumerar 12 sinais que nos indicam quando é preciso dar um tempo no namoro ou realmente terminar de vez.

Mas cuidado: com isso, não estou dizendo que não vale a pena tentar novamente e buscar amadurecer juntos, fazendo todo o possível para que as coisas terminem bem; mas é necessário discernir em que momento da relação deve tomar outro rumo se, depois de ter lutado, a coisa não vai para lado nenhum, e menos ainda na direção que Deus quer…

1. Quando, depois de ter tentado, seu namorado(a) não compartilha suas crenças: se a pessoa leva um estilo de vida distante da fé, afasta você de Deus e não tem interesse em mudar, é melhor refletir e tomar uma decisão sábia, pedindo luz ao Espírito Santo.

2. Quando o outro não respeita sua religião: se você é realmente praticamente, precisa também ser coerente com o que permite ou não – como comentários ofensivos ou desrespeitosos sobre sua vida de oração, sacramentos etc.

3. Quando ele/ela falta ao respeito com você: quando isso acontece, não há volta. Insultos, frases agressivas etc., mostram que o respeito pelo outro se perdeu, e tentar consertar isso é como tentar colar os pedaços de um prato quebrado: nunca volta ao que era antes.

4. Quando o outro costuma mentir: a mentira pode se tornar um hábito, e as consequências disso são fatais. O namoro precisa ser transparente.

5. Quando promete, promete, mas nunca cumpre: brincar com os sentimentos alheios não é saudável e acaba destruindo a confiança entre os dois.

6. Quando, depois de tudo, ele/ela é contra o casamento: se o outro é contra ou fica adiando o sacramento eternamente, vale a pena tentar conversar, sem falsas esperanças e com muita sinceridade, sobre o que cada um busca.

7. Quando é infiel e não muda: o namoro é um compromisso voluntário, e sair dele também o é. Não há motivo algum para consentir com a infidelidade constante.

8. Quando não quer conhecer seus pais: se o outro realmente ama você, não colocar nenhum impedimento para conhecer as duas pessoas mais importantes da sua vida.

9. Quando o outro não gosta de compartilhar o tempo com sua família e seus amigos:  afastar-se da família e dos amigos a pedido do namorado(a) não é saudável. É claro que cada coisa tem seu lugar e tempo para acontecer, mas se o outro nunca quer estar com sua família e amigos, algo está errado.

10. Quando suas metas só visam o material: é saudável sonhar com uma casa, carreira, carro, mas as metas espirituais também são importantes: ser pessoas melhores, ajudar os outros etc. Se o outro só pensa em ter mais e mais, reveja seu relacionamento.

11. Quando o outro menospreza suas conquistas: seu namorado(a) está aí para alegrar-se com suas vitórias e conquistas. O relacionamento a dois não é uma competição para ver quem chega mais longe, e sim uma caminhada lado a lado. Estão juntos para ajudar-se, não para humilhar um ao outro ou sentir inveja pela vitória alheia.

12. Quando abandona você nas necessidades: os momentos de dificuldade são os melhores para conhecer os parceiros: morte de um ente querido, doença, dificuldade financeira, desafios nos estudos, desemprego etc. são oportunidades para fortalecer a relação. Se o outro foge de você nesses momentos, isso é um sinal ruim.

Muitas vezes procuramos mil desculpas para não terminar um relacionamento, achamos que a pessoa pode mudar, que as coisas vão melhorar ou que um milagre pode acontecer. Mas a solidão após um término pode ser o presente perfeito que Deus nos preparou, não somente para nos conhecermos melhor, mas também para estar mais perto dEle.

Não tenha medo de rezar, pedindo a Deus que lhe dê um namorado santo como José ou uma namorada santa como Maria!


Terça, 23/02/2016 - Aleteia, Catholic Link / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...