Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Assista ao primeiro trailer da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém com Igor Rickli, Fiuk e José Barbosa

Está sendo lançado esta semana o primeiro trailer produzido para a temporada 2016 da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. Mais dois serão apresentados em breve. O filme desta semana inicia com cenas da Santa Ceia e segue com imagens da traição de Judas e a prisão de Jesus. Nas imagens aparecem em destaque os atores Igor Rickli, que faz o papel de Jesus, Fiuk, como o apóstolo João, e o ator pernambucano José Barbosa como Judas. Os demais atores convidados, Bianca Rinaldi (Maria), Antonio Calloni (Herodes), Odilon Wagner (Pilatos) e Caroline Correa (Madalena) vão aparecer nos filmes seguintes.

Os filmes foram dirigidos pelo cineasta Eduardo Morotó. Pernambucano, Morotó já conquistou mais de 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais atuando como roteirista e diretor de filmes curta-metragem.  Entre seus trabalhos destacam-se “Quando Morremos à Noite”, que acumulou 30 prêmios, entre eles o de melhor curta-metragem do júri da crítica na  Mostra de Cinema de Tiradentes e melhor filme no Gold Apricot Yerevan International Film Festival na Armênia. Com “Eu Nunca Deveria Ter Voltado”, recebeu o prêmio de Melhor Direção no 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.  Em 2016 irá filmar seu primeiro longa-metragem, “A Morte Habita à Noite”.


ASSISTA AO TRAILER



Quinta, 21/01/2016 - Saloá destaca / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...