Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

5 maneiras de curar um coração partido

O fim de um relacionamento é sempre muito doloroso, mas é possível pensar em formas de superar e encontrar novos sentidos na vida.


Quando se está apaixonado parece que esse sentimento é tudo o que importa na vida e toda a realidade que se pode conceber gira em torno disso.
Nas palavras de Voltaire: “As paixões são os ventos que enfunam as velas dos barcos, elas fazem-nos naufragar, por vezes, mas sem elas, eles não poderiam singrar”.
Se você está passando por isso, aqui estão algumas ideias que podem facilitar a superação que você precisa:

1. Dê um tempo para você

É normal certo abatimento quando uma relação termina. Existe até fatores biológicos envolvidos, como a queda nos níveis de serotonina que, como explica a matéria é um hormônio que influencia significativamente o estado emocional das pessoas. Assim não se cobre tanto, não espere que você supere de um dia para o outro, mas também e principalmente, não alimente ideias derrotistas do tipo: “nunca vou conseguir me sentir melhor”. Tudo tem tempo certo, seja paciente com você mesmo.

2. Mantenha suas atividades

Se você deixou sua vida social paralisada para viver apenas essa paixão é hora de retornar para suas atividades. Procurar os amigos e envolver-se com parte da sua vida que foi negligenciada é essencial agora. Força de vontade é fundamental na cura do coração partido, por isso, mesmo que não esteja com vontade, movimente-se e mantenha mente e corpo em bom funcionamento. Ajuda muito:
  • Socializar-se com amigos e familiares
  • Sair e fazer coisas que você gosta
  • Praticar exercícios

3. Evite as lembranças

No começo tudo vai fazer você pensar no amor perdido, isso é normal nesse período que muitos especialistas chamam de luto. Mas cultivar essas lembranças vai levar você para “o fundo do poço”, portanto procure não alimentar o que prenda você ao passado. Por algum tempo pode ser necessário evitar as coisas e até pessoas que estão associadas ao ex, mas depois é importante buscar dar a elas novos significados com o objetivo de não mais sofrer com essas associações.

4. Não dramatize

Não é porque você sente falta que efetivamente a presença dessa pessoa foi boa na sua vida. Não fantasie, afinal também acostumamos com o que não é bom, portanto, esse não é mais o momento de conjecturar sobre essas coisas. O fato é que quem você pensou que era o “amor de sua vida” pode ter sido apenas um desvio no caminho, um erro de percurso ou mesmo uma experiência que preparará você para o verdadeiro amor que acontecerá com outra pessoa.

5. Não generalize

É comum as pessoas generalizarem diante de uma decepção, então surgem os pensamentos do tipo: “os homens são todos iguais” ou “mulheres são muito complicadas”. Quando você generaliza restringe as novas possibilidades e cria um tabu que dificultará a construção de novos relacionamentos. Lembre-se de que cada pessoa é um universo único e não é porque alguém decepcionou você que será assim com todas as pessoas.
O que chamamos de “coração partido” é apenas um estágio doloroso, mas transitório e, portanto, vai passar. Logo isso tudo fará parte apenas das lembranças e você estará pronto(a) para amar novamente.

Pense nisso e se anime!


Terça, 22/12/2015 - Aleteia, Catholicus / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...