Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa almoça com 60 pobres em Florença

O Papa Francisco partilhou ontem o almoço com 60 pobres da cidade de Florença, os quais são atendidos todos os dias pela Cáritas de “São Francisco Pobre”. Foi servido em prato de plástico e bebeu água da torneira, segundo informou a revista italiana ‘Famiglia Cristiana’.

O Santo Padre foi recebido com aplausos e demonstração de carinho pelos presentes. Entre os convidados estavam pessoas de diferentes partes do mundo: 30 da Itália e o os demais eram convidados de países como Sri Lanka, Filipinas, România, Ucrânia e Peru.

Um dos encarregados de “São Francisco Pobre” deu ao Papa com um cartão para poder entrar no recinto e lhe explicou que “todos os dias, os que comem grátis recebem um pequeno cartão. 

Entregamos uma para nosso Cardeal e uma para você. Desse modo, estarão registrados e poderão entrar”.


Entre os convidados não havia apenas católicos, mas muçulmanos e pessoas pertencentes a outras confissões religiosas. Francisco saudou cada um dos convidados, assinou no livro de visitas e abençoou a fotografia de um jovem doente.

Entre os presentes que recebeu, um homem natural do Peru lhe presenteou com um tradicional chullo (gorro típico dos habitantes dos Andes) e lhe disse: “Isto vem do coração de todos os peruanos”. O Santo Padre agradeceu o gesto com um sorriso.

Antes de começar o almoço, o Pontífice abençoou os alimentos e em seguida partilhou com eles um prato típico toscano (região italiana na qual está localizada a cidade de Florença) conhecido como “ribollita” (“sopa”) feito com pão duro, verduras e legumes, comida típica do inverno.

Acompanhou o cardápio com um ensopado de carne e verduras, um pouco de vinho tinto da Diocese e vinho branco, elaborado pelos prisioneiros da ilha da Gorgona, na cidade de Livorno, também em Toscana. A sobremesa foi uma salada de frutas e dois doces tradicionais: “Schiacciata Fiorentina” (um bolo) e “Cantuccini di Prato” (biscoito feito com amêndoas).

Embora o almoço tivesse um convidado excepcional, o Papa Francisco, tudo foi como nos outros dias. “Será um almoço como de costume”, anunciou anteriormente o diretor da Cáritas, Alessandro Martini.


A cada dia, a Cáritas faz dois ou três turnos de comidas para os pobres, mas ontem fez apenas dois: às 11h e às 12h30. Neste último, participou o Papa com o Arcebispo de Florença, Cardeal Giuseppe Betori.


VEJA O VÍDEO:




Quarta, 11/11/2015 - ACI digital, Alvaro de Juana / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...