Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Oração dos “idosos” de todas as idades – inclusive dos idosos de 18 anos

Senhor,
tu sabes melhor do que eu
que estou envelhecendo a cada dia.
Livra-me, Senhor, da tolice de achar
que devo dizer algo em toda e qualquer ocasião.

Livra-me, também, Senhor,
deste desejo enorme que tenho
de pôr em ordem a vida dos outros.
Ensina-me a pensar nos outros e a ajudá-los,
sem jamais me impor sobre eles,
mesmo considerando com modéstia
a sabedoria que acumulei
e que penso ser uma lástima não passar adiante.

Sabes, Senhor, que desejo preservar alguns amigos
e uma boa relação com os filhos
e que só se preservam os amigos e os filhos
quando não há intromissão na vida deles.
Livra-me, também, Senhor,
da tolice de querer contar tudo com detalhes
e dá-me asas para voar diretamente ao que interessa.

Não me permitas falar mal de alguém.
Ensina-me a fazer silêncio sobre minhas dores e doenças.
Elas estão aumentando e, com isso,
a vontade de descrevê-las vai crescendo a cada ano.
Não ouso pedir o dom de ouvir com alegria
a descrição das doenças alheias; seria pedir muito.

Mas, ensina-me, Senhor, a suportar ouvi-las com paciência.
Ensina-me a maravilhosa sabedoria de reconhecer
que posso estar errado em muitas ocasiões.
Já descobri que as pessoas que acertam sempre não existem.
E, sobretudo, Senhor, nesta prece de envelhecimento, eu te peço:
Mantém-me o mais amável possível.

Livra-me de pensar que sou santo.
Ajuda-me a ser santo em vez de pensar que sou.
E que, por meio da minha vida que te pertence,
Tu rejuvenesças sempre mais a mim e a todos ao meu redor!

Assim seja!

Sexta, 27/11/2015 - Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...