Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Oitenta anos depois esta mulher recebe o diploma do ensino médio, após uma vida dedicada à família

Para receber um diploma de educação não há limite de idade. Assim o demonstrou Margaret Thome Bekema, uma mulher de 97 anos que recebeu na quinta-feira passada o diploma de honra da Catholic Central High School, localizada em Michigan (Estados Unidos), por ter concluído o ensino médio, depois de 80 anos de espera.

Margaret devia se graduar na Catholic Central High School em 1936. Entretanto, teve que deixar a escola aos 17 anos porque sua mãe, Katherine, tinha câncer. Então, seu pai, Leio Thome, lhe disse que tinha que cuidar de seus três irmãos mais novos enquanto ele trabalhava.


“Tive que abandonar o colégio para cuidar da minha família. Foi muito duro, não têm ideia do quanto foi duro. Eu adorava o meu colégio e tinha muitos amigos”, disse Bekema A MLive Media Group.

Em sua página, a instituição indica que Margaret foi falar com o diretor da época, Pe. Sweeny, e lhe explicou sua situação. O sacerdote foi muito compreensivo e lhe disse que teria muito êxito em sua vida, apesar de suas dificuldades.

Gerri Smith, um dos dois filhos de Margaret Bekema, que também cursou o ensino médio na Catholic Central, comentou que sua mãe cuidou da sua avó até a morte dela. “Ela faz o que deve ser feito e jamais reclama disso ou gera problemas sobre isso, simplesmente o faz”, indicou.

Atualmente Margaret é viúva e mãe de dois filhos, tem quatro netos e um bisneto. Seu esposo, Ted, era militar. Quando a Catholic Central conheceu sua história, decidiram organizar uma cerimônia de formatura para ela.

“Não sei como me expressar nem como agradecer-lhes. Muito obrigado do fundo do meu coração”, disse a Margaret chorando de emoção.

O diretor do colégio, Greg Deja, comentou que a vida de Margaret “foi uma vida de sacrifício e serviço. Sua vida serviu de inspiração para nossa comunidade porque suas decisões representam todos os valores fundamentais que ensinamos aos nossos estudantes”.


Margaret também recebeu um certificado por ser o novo membro da associação de estudantes “The Pride” (O Orgulho).


Quarta, 04/11/2015 - ACI digital, Maria Ximena Rondón / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...