Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Xodó dos bispos: o mais jovem participante da história do sínodo da família tem… 4 meses de idade!

Nem o papa teve chance: Davide entrou na Sala Nova do Sínodo a bordo de seu carrinho e, entre fraldas e mamadeiras, virou o centro das atenções.


O mais jovem participante da história do sínodo dos bispos, assembleia instituída por Paulo VI há cinquenta anos, entrou pela grande porta da Sala Nova do Sínodo a bordo de um carrinho empurrado por sua mãe, nesta segunda-feira, 5 de outubro, para se transformar na sensação do evento.


O italianinho Davide tem 4 meses de idade e é filho de um casal que faz parte do grupo de auditores nesta XIV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, dedicada à ”Vocação e a missão da família na Igreja e no mundo contemporâneo” (de 4 a 25 de outubro de 2015). Patrícia e Massimo Paloni, engajados na pastoral familiar e missionária, têm doze filhos. Davide é o caçula, enquanto o mais velho, de 19 anos, já frequenta a universidade.

“O Davide virou o xodó dos bispos. Todos querem uma foto com o ‘padre sinodal’ mais jovem da assembleia”, conta o pe. Manuel Dorantes, assistente da sala de imprensa do Vaticano para o idioma espanhol.


O choro e os sorrisos do pequeno, que, sem pretender protagonismo algum, acabou virando o símbolo da primeira jornada deste sínodo, transformaram o ar solene da assembleia. Depois de uma boa mamadeira, o menino guardou silêncio e permitiu que o papa Francisco fizesse o seu discurso de abertura. Agasalhado num cobertor de algodão, o bebê viveu comodamente o histórico evento que concentra as atenções de 270 padres sinodais dos quatro continentes.


Não demorou muito para que Davide solicitasse a atenção materna e passasse um tempo em seu colo.


Enquanto cardeais, arcebispos, sacerdotes, religiosos e especialistas conversavam, na pausa, para discernir sobre os quatro pontos fortes expostos na abertura pelo relator geral, a mãe de Davide preparava a segunda troca de fraldas da sessão, apetrechada de talco, lencinhos e outras utilidades.


Patrícia e Massimo Paloni são romanos e, desde 2004, vivem como missionários na diocese holandesa de Roermond, em Maastricht. Eles pertencem ao Caminho Neocatecumenal.



Quinta, 08/10/2015 - Fonte: Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...