Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Salmos para quem quer aprender a orar

Orar é simplesmente conversar com Deus; é um aprendizado, em que os Salmos são de imensa valia.

Orar é conversar com Deus.

Basta abrir o coração e simplesmente falar com Ele, usando as nossas próprias palavras para desabafar, pedir luz e orientação, pedir graças e socorro, agradecer, “reclamar” como um filho confiante diante do Pai amoroso, pedir perdão e misericórdia, interceder pelo próximo… Ou ficar “olhando” para Deus em silêncio, contemplando no coração o seu mistério, a sua grandeza incompreensível para a razão sozinha, a sua obra como Criador, os seus gestos sublimes ou singelos de amor, cuidado, respeito pela nossa liberdade, “dependência” da nossa aceitação…

Orar se aprende, assim como se aprende a falar, a ouvir com atenção, a gostar de alguém, a ficar em silêncio contemplativo.

Nesse aprendizado, os Salmos são de imensa valia.

Os Salmos são louvores escritos para expressar a adoração a Deus. Eles refletem ainda o interior do espírito humano e suas disposições de bondade, arrependimento, confiança, louvor, miséria, necessidade, gratidão…

Um dos Salmos mais conhecidos é o 91. Seguem aqui seus versículos de 1 a 7:

"Aquele que habita no abrigo do Altíssimo
e descansa à sombra do Todo-poderoso
pode dizer ao Senhor:
Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza,
o meu Deus, em quem confio.
Ele o livrará do laço do caçador e do veneno mortal.
Ele o cobrirá com as suas penas e,
sob as suas asas, haverá refúgio;
a fidelidade dele será o seu escudo protetor.
Não temerá o pavor da noite,
nem a flecha que voa de dia,
nem a peste que se move sorrateira nas trevas,
nem a praga que devasta ao meio-dia.
Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita,
mas nada o atingirá”.

Para começar a descobrir o tesouro dos Salmos, algumas sugestões:

Sobre a bondade: Salmos 1, 19, 24, 133, 136 e 139
Sobre a presença de Deus: Salmos 29, 96 e 100
Nas horas de dificuldade: Salmos 3, 14, 22


Sexta, 30/10/2015 - Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...