Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2018

Queridos filhos !

Vocês a quem o MEU FILHO ama, vocês a quem EU amo imensamente com o MEU AMOR MATERNO, não permitam que o egoísmo e o amar muito a si mesmo reinem no mundo. Não permitam que o amor e a bondade fiquem escondidos. Vocês que são amados, vocês que conheceram o AMOR do MEU FILHO, lembrem-se que ser amado significa amar. Filhos MEUS, tenham fé: quando vocês tem fé, vocês são felizes e difundem a paz. As suas almas exultam de alegria. Nestas almas está o MEU FILHO: quando se doam pela fé, quando se doam pelo amor, quando fazem o bem ao próximo, o MEU FILHO sorri em suas almas. Apóstolos do MEU AMOR, ME dirijo a vocês como MÃE, os reúno em torno de MIM porque desejo conduzí-los no caminho do AMOR e da FÉ, no caminho que leva até a LUZ DO MUNDO. EU estou aqui pelo AMOR e pela FÈ; porque desejo abençoá-los, porque EU desejo, com a MINHA BENÇÂO MATERNA, dar a vocês força e esperança no seu caminho. Porque a estrada que conduz ao MEU FILHO não é fácil, é cheia de renúncias, de dar-se, do sacrifício, do perdão e muito, muito amor mas este caminho conduz à paz e à alegria. Filhos MEUS, não acreditem nas vozes falsas que falam de coisas falsas e de luzes falsas: vocês, filhos MEUS, voltem para a SAGRADA ESCRITURA. Com imenso amor EU os vejo e, PELA GRAÇA DE DEUS, EU ME MANIFESTO A VOCÊS. Filhos Meus, caminham COMIGO. Que as almas de vocês exultem de alegria.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco visita alojamento para moradores de rua inaugurado no Vaticano

Os sem-teto alojados recebem ajuda para reconstruir sua vida e encontrar trabalho; há horários e regras muito claras.


O Papa Francisco visitou nessa quarta-feira o alojamento que o Vaticano criou para os sem-teto de Roma.

O novo albergue para moradores de rua ocupa um imóvel oferecido pelos jesuítas ao papa Francisco e é administrado pelas missionárias da Caridade, a congregação fundada pela Madre Teresa de Calcutá.

Com capacidade para 34 hóspedes por noite, o dormitório recebeu o nome de “Dom de Misericórdia”: dom “porque é um verdadeiro presente da comunidade religiosa” e misericórdia porque este “é o segundo nome do amor, que se manifesta através de gestos concretos e generosos para com o próximo”, explica a esmolaria apostólica.

O Dom de Misericórdia é um albergue exclusivamente masculino. Para as mulheres de rua, o Vaticano já mantém desde 1988 a Casa de Acolhimento Dom de Maria, com 50 vagas.

Os hóspedes do albergue contam com o jantar servido no refeitório do Dom de Maria, além de café-da-manhã e do vestiário com duchas e barbearia instalado há cerca de dois anos nas proximidades da praça de São Pedro.


As regras para os hóspedes do albergue incluem uma entrevista com as missionárias da Caridade e uma estadia máxima de 30 dias. Naturalmente, os sem-teto alojados recebem ajuda para reconstruir sua vida e encontrar trabalho. Há horários muito claros não somente para entrada e saída, mas também para levantar-se, tomar banho e arrumar os armários e a cama. Afinal, quem não se ajuda não aproveita as ajudas recebidas.

VEJA VÍDEO:




Sexta, 16/10/2015 - Fonte: Aleteia / Postado por: Paulo alves

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...