Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco pede perdão pelos últimos escândalos em Roma e no Vaticano

Durante esta manhã, ante milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, o Papa Francisco pediu perdão “pelos escândalos” que afetaram à Igreja em Roma e no Vaticano “nos últimos tempos”.

Antes da sua catequese durante a Audiência Geral desta quarta-feira, o Pontífice exclamou: “Antes de começar a catequese, quero pedir – em nome da Igreja – perdão pelos escândalos que foram cometidos nos últimos tempos, seja em Roma como no Vaticano. Peço perdão!”.


O Santo Padre explicou que “a palavra de Jesus hoje é forte: ‘ai do mundo por causa dos escândalos!’. Jesus é realista, diz que é inevitável que escândalos aconteçam, mas ‘ai do homem pelo qual o escândalo vem!’”.

Sua catequese foi dedicada às crianças, por isso o Pontífice explicou que normalmente “as crianças também podem ser feridas “por um ‘escândalo’ insuportável, ainda mais grave, dado que não têm os meios para decifrá-lo e não podem entender o que acontece”.

Além disso, advertiu que “a ternura e o misterioso laço de Deus com a alma das crianças nunca deveria ser violado”, “é uma relação real que Deus quer e que Ele cuida”.

O Papa Francisco não fez menção a nenhum escândalo em concreto, mas nas últimas semanas o Vaticano foi abalado pelo caso de Krystof Charamsa, um sacerdote polonês que trabalhava na Congregação para a Doutrina de Fé e que, primeiramente em uma entrevista a um jornal italiano e em seguida em uma coletiva de imprensa junto ao seu parceiro, anunciou publicamente sua homossexualidade.


Durante uma coletiva de imprensa sobre o Sínodo da Família, o porta-voz do Vaticano, Pe. Federico Lombardi disse a respeito que “o Papa falou acerca do escândalo da leitura – proclamada no começo da Audiência, através do qual Jesus adverte a respeito daqueles que escandalizam – e disse isto”. “Se o Papa usa uma fórmula geral, essa é a sua intenção. Não é o meu dever restringir o que o Papa quis dizer”.


Quarta, 14/10/2015 - ACI digital / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...