Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Igreja no Brasil celebra a padroeira, Nossa Senhora Aparecida

“Viva a Mãe de Deus e nossa, sem pecado concebida! Viva a Virgem Imaculada, a Senhora Aparecida!”. Esses versos são cantados em todo o Brasil em honra à padroeira do país, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, cuja solenidade a Igreja celebra neste 12 de outubro.

Em razão desta data, o Santuário Nacional de Aparecida recebe o seu maior fluxo de romeiros do ano. Todo 12 de outubro é marcado pela presença de milhares de pessoas que acorrem à Basílica para agradecer por graças alcançadas, fazer seus pedidos à Mãe de Deus, homenageá-la.

O maior movimento em um dia de Nossa Senhora Aparecida, no Santuário, aconteceu em 12 de outubro de 1996, com 215 mil romeiros. Atualmente, o Santuário Nacional acolhe cerca de 150 mil fiéis nesta data.

A comemoração, hoje, teve início com a vigília mariana, de meia noite às 4h30.  Às 5h, foi celebrada a primeira Missa do dia e às 7h teve início da Missa das crianças. A programação inclui ainda Missa solene às 9h, momento mariano às 12h15, Missa às 16h; consagração solene às 15h; procissão solene às 18h, da Matriz Basílica ao Santuário Nacional; e Missa de encerramento às 19h. Para fechar a festa com chave de ouro, terá um show pirotécnico na Tribuna Papa Bento XVI.

A devoção dos brasileiros à Nossa Senhora Aparecida terá uma data especial no próximo ano, quando serão comemorados os 300 anos do encontro da imagem no Rio Paraíba do Sul. Esta comemoração poderá contar com a presença do Papa Francisco, como ele próprio já expressou o desejo em diferentes ocasiões.

A imagem de Aparecida foi encontrada em 1717. Na época, com a notícia da passagem do Conde de 
Assumar pela Vila de Guaratinguetá, os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves saíram para pescar no Rio Paraíba. Após muitas tentativas sem êxito, foram até o porto de Itaguaçu. João Alves lançou a rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Lançando novamente as redes, pegou a cabeça que faltava da imagem. E o que se segui foi uma pesca abundante para os três humildes pescadores.

A imagem ficou com a família de Felipe Pedroso, que a levou para sua casa. Em um oratório construído no local, as pessoas da vizinhança vinham rezar à Virgem. A devoção foi crescendo no meio do povo e muitas graças foram alcançadas por aqueles que rezavam diante a imagem. Assim, a devoção se espalhou por todo o Brasil.

Com o tempo, a casa já se fazia pequena para o grande volume de fiéis que vinham rezar e, por volta de 1734, o Vigário de Guaratinguetá construiu uma Capela no alto do Morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745. Mas, o número de fiéis aumentava, e, em 1834 foi iniciada a construção de uma Igreja maior, a atual Basílica Velha.

Em 8 de setembro de 1904, a Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi coroada solenemente pelo então Bispo de São Paulo, Dom José Camargo Barros. No dia 29 de abril de 1908, a Igreja recebeu o título de Basílica Menor. E, em 1929, o Papa Pio XI proclamou nossa Senhora Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial.

Com o aumento da devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a primeira Basílica já não dava conta do fluxo de romeiro. Foi necessário, então, construir uma maior, que começou a ser erguida em 11 de novembro de 1955. Em 1980, ainda em construção, a Basílica Nova foi consagrada pelo Papa João Paulo ll e recebeu o título de Basílica Menor. Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou oficialmente a Basílica de Aparecida como Santuário Nacional, o “maior Santuário Mariano do mundo”.

A festa da Padroeira do Brasil já foi celebrada em diversas datas: dia da Imaculada Conceição (08 de dezembro), 5º domingo após a Páscoa, 1º domingo de maio (mês de Maria) e 7 de setembro (Dia da Pátria). Até que, em sua Assembleia Geral de 1953, a CNBB determinou que a festa fosse celebrada definitivamente no dia 12 de outubro, por associação com a data de descobrimento da América, pela comemoração do Dia da Criança e por ser outubro o mês do encontro da Imagem, no rio Paraíba do Sul, em 1717.
Neste ano, a festa da padroeira teve início no dia 3 de outubro, com a novena e teve como tema “Com Maria, em Jesus, chegamos à Glória!”, recordando os mistérios gloriosos do Rosário.


Em preparação para os 300 anos do encontro da imagem, o Santuário Nacional celebrou a cada ano um dos mistérios do Rosário. Em 2012, foram meditados os mistérios gozosos; em 2013, os luminosos; e em 2014, os dolorosos.


Segunda, 12/10/2015 - Fonte: ACI digital / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...