Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Confira como foi o dia de hoje do Sínodo sobre as Famílias

Foto Daniel Ibáñez / ACI Prensa
O Sínodo dos Bispos sobre a Família continuou hoje com os trabalhos nos 13 círculos menores, divididos por idiomas, nos quais cada prelado se expressou em sua própria língua.

A seguir, dez coisas que deve saber sobre os acontecimentos de hoje neste importante evento para a Igreja e para o mundo:

1.- Participaram da coletiva na Sala de Imprensa do Vaticano o Arcebispo de Accra (Gana), Dom Charles Palmer Buckle, o Patriarca sírio Ignace Youssif III Younan, o Cardeal italiano Edoardo Menichelli, e o porta-voz do Vaticano, Pe. Federico Lombardi.

2.- Dom Palmer Buckle afirmou que os bispos da África se reuniram em várias ocasiões para conversar acerca da sua contribuição no Sínodo e prepararam um documento a respeito.

3.- O Arcebispo de Accra explicou: “A África está aqui para dizer o que sente a respeito dos temas da prática pastoral da Igreja a fim de contribuir com o tema do Sínodo que é a vocação e a missão da família. Não estamos aqui para bloquear ninguém, mas para compartilhar”, respondeu a uma pergunta dos jornalistas sobre o papel dos bispos desse continente.

4.- O Prelado disse ainda: “Às vezes sentimos que as coisas boas da África não são suficientemente boas para o Ocidente. É difícil reportar as coisas boas da África”. Dom Charles Palmer ressaltou que os bispos efetivamente estão contribuindo com uma perspectiva que considera os temas “que preocupam a todos, a humanidade inteira”.

5.- Por sua parte, o Patriarca da Antioquia expressou a grande preocupação dos bispos com relação a “situação de nossas comunidades cristãs no Oriente Médio, pois esta é realmente catastrófica. As famílias estão sofrendo e fazendo tudo o que for possível para sair deste inferno no Iraque e na Síria”.

6.- Sua Beatitude Ignace Youssif III Younan afirmou também que “para os cristãos católicos o sacramento do matrimônio é entre um homem e uma mulher”.

7.- Em seguida, o Cardeal Menichelli explicou que os trabalhos no Sínodo são realizados em um clima de abertura e liberdade em torno do Instrumentum Laboris (documento de trabalho) e que estão tentando dar uma perspectiva mais universal a discussão com a participação em seu grupo, por exemplo, do Patriarca Latino de Jerusalém, Dom Fouad Twal.

8.- O Pe. Federico Lombardi esclareceu uma informação a respeito do pedido do Papa a fim de evitar “conspirações” durante o Sínodo e precisou que o conceito leva a que “tenhamos plena confiança uns nos outros. Desta forma, não devemos pensar que existe um complô ou que algumas pessoas queiram manipular a visão do Sínodo”, precisou o sacerdote.

9.- Dom Palmer Buckle denunciou a tentativa de alguns países ocidentais de condicionar a ajuda econômica em troca da aceitação de leis que são totalmente contrários aos valores do continente africano, como por exemplo, as leis relacionadas às uniões homossexuais.


10.- Finalmente, o Pe. Lombardi informou que na coletiva de imprensa de amanhã participarão o Cardeal filipino Luis Antonio Tagle, Dom Joseph Kurtz, dos Estados Unidos, e o Arcebispo de Madri (Espanha), Dom Carlos Osoro.


Quinta, 08/10/2015 - Fonte: ACI digital, Walter Sánchez Silva / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...