Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Após 25 anos, detento se oferece para ajudar juiz doente que o condenou

Alston garante que não guarda rancor pela condenação, uma vez que, segundo ele, se não fosse isso, ele nunca teria se tornado um homem melhor.

Aos 62 anos, o norte-americano Charles Alston vive há 25 anos em uma penitenciária de Nova York.

Condenado por roubo armado pelo  juiz Carl Fox, 61, Alston ficou sabendo que estava com leucemia e na mesma hora escreveu uma linda carta se oferecendo para doar medula óssea.

Um dos trechos da carta diz: “Você foi o juiz do meu julgamento, em que fui condenado a 25 anos de prisão. Eu sei que você está em busca de um doador de medula óssea compatível. Eu posso ou não ser compatível, mas estou disposto a fazer esse sacrifício se necessário”.

Alston garante que não guarda qualquer tipo de rancor pela condenação, uma vez que, segundo ele, se não fosse isso, ele nunca teria se tornado um homem melhor.

Embora muito emocionado e tocado com o gesto de Alston, infelizmente o juiz não pôde aceitar, pois detentos não podem fazer doações de sangue ou de medula devido ao alto risco de doenças infecciosas. “Eu fiquei emocionado e completamente surpreso“, disse Fox.

Para ver a reportagem completa com os dois protagonistas, clique aqui.

(Razões para Acreditar)


Treça, 22/09/2015 - Fonte: Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...