Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Brasileira pergunta ao Papa sobre dificuldades enfrentadas como religioso e o Papa lhe devolve uma pergunta: “Maradona ou Pelé?”

Cerca de 2 mil jovens do Movimento Eucarístico Jovem do mundo todo se reuniram na manhã desta sexta-feira, 7, com o Papa Francisco. Entre eles, marcou presença a delegação brasileira, da qual faz parte Ana Carolina Santos Cruz, que teve a oportunidade de direcionar uma das perguntas ao Pontífice e receber do Papa uma espirituosa pergunta, bem ao seu estilo: “Quem é melhor, Maradona ou Pelé”, perguntou o Papa entre risos.

Os “mejistas” estão reunidos em Roma desde terça-feira, 4, até domingo, 9, para comemorar os 100 anos do Movimento Eucarístico Jovem. Nesta sexta-feira, aconteceu a audiência privada com o Santo Padre, quando Francisco respondeu aos questionamentos dos jovens de maneira espontânea e sincera.

De acordo com a Rádio Vaticano, a brasileira Ana Carolina, de 19 anos, da Paróquia São Geraldo, em São Paulo (SP), perguntou ao Papa qual foi a maior dificuldade ou desafio que ele “enfrentou na Missão como religioso?”.

“Saber distinguir a verdadeira paz de Jesus”, respondeu Francisco. “A verdadeira paz vem sempre de Jesus. Mesmo se, às vezes, embrulhada em uma cruz. Mas, é Jesus que te dá a paz naquela prova. Ao contrário, a paz superficial, aquela que te deixa ‘um pouco contente’, vem do inimigo, do diabo”, completou.

A jovem ainda contou à Rádio Vaticano que também foi questionada pelo Pontífice. “O Papa me perguntou quem é melhor: Pelé ou Maradona? Pelé!”.

Além desta intervenção no encontro com o Papa, os brasileiros também são os responsáveis pelo ensaio e apresentação de um flash mob com todos os participantes e a jovem Luana Paiva Lira Couto, de João Pessoa (PB), canta o trecho em português do hino de centenário.

No encontro de hoje com os “mejistas”, Francisco também falou sobre tensão e conflito, ao responder outro participante. “Um jovem deve ter a virtude da coragem. Um jovem sem coragem é um jovem aguado, um jovem velho. Às vezes quero dizer, e já disse, aos jovens: por favor, não se aposentem”.

 “Um jovem que só sabe viver na tensão está doente”, constatou, ao aconselhar a juventude a não se perturbar com as tensões, e sim resolvê-las com diálogo.

Indicando como o diálogo pode ser o caminho, Francisco falou sobre a diversidade cultural, o que, segundo ele, não deve levar ao conflito. “Uma cultura com tantas culturas diferentes dentro, deve procurar a unidade mas com o respeito a cada uma das identidades. O conflito se resolve com o respeito à identidade”, reiterou.

Por fim, Francisco falou sobre a eucaristia, por meio da qual Jesus salva. “Não é um ritual somente, uma cerimônia. É uma outra coisa. É ir até o Calvário, onde Jesus deu sua vida por mim. Cada um deve dizer isso”, concluiu.


O Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) é uma ramificação do Apostolado da Oração, sendo a sua seção voltada para os jovens. Em sua essência, ambos têm sua fonte maior no amor à Eucaristia e ao Sagrado Coração de Jesus. Além disso, tradicionalmente rezam pelas intenções de oração mensais do Sumo Pontífice.


Sexta, 07/08/2015 - Fonte: ACI digital / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...