Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A oração de quem não pede nada

Às vezes buscamos uma pessoa que nos ofereça soluções, que tenha uma espécie de varinha mágica para transformar a nossa vida. Temos necessidades concretas. Procuramos soluções concretas.

E podemos fazer isso em nossa vida de fé também: a homilia que me faz sentir-me bem; o grupo no qual estou mais cômodo; a comunidade que acalma minha necessidade de ser comunitário, de ter um lar, de ter raízes; a pessoa que responde aos meus anseios.

Buscamos milagres concretos. Queremos soluções imediatas. Às vezes nos apegamos assim a Jesus quando Ele responde às nossas necessidades imediatas. E o buscamos porque nos deu comida, porque nos curou.

E nossa espiritualidade pode se reduzir a uma busca que Deus em necessidades concretas. Pedimos, suplicamos. Queremos milagres. Nossa oração fica cheia de preocupações e anseios, e acaba sendo uma oração exclusivamente de petição.

Eu gostaria de rezar com a esperança com que esta pessoa reza:
 

Senhor,
Obrigado pela água que bebo,
pela comida que como,
pelo ar que respiro.

Obrigado por eu poder ver,
sentir, tocar, falar,
andar e pensar.

Obrigado por me permitir trabalhar,
por poder ajudar,
pelo céu, terra e mar.

Obrigado pelo que me deste ontem,
pelo que me dás hoje
e pelo que me darás amanhã.

Obrigado por meu estado de saúde,
pelos talentos e qualidades
que me deste.

Obrigado pela minha família,
pelos meus amigos,
pelos que me querem bem
e por aqueles a quem posso ajudar.

Obrigado pelo teu amor infinito,
pelo teu perdão sem limites
por teres dado tua vida por mim.

Eu te amo e me entrego
totalmente em tuas mãos.
Faze de mim o que queiras.
Amém.

Não podemos ser cristãos que só pedem, pedem e pedem, mas não dão nada. Viver com gratidão pode mudar completamente nosso olhar diante da vida.

Não sejamos consumistas religiosos.

Busquemos Deus especialmente para dar-lhe graças, para louvá-lo, para dar-lhe glória, para reconhecer sua grandeza, para mostrar nossa pequenez, para colocar-nos ao seu serviço e oferecer-nos para que Ele faça conosco o que quiser.

Que tal viver uma semana só de gratidão, buscando, ao longo do dia, motivos para agradecer a Deus, nos detalhes da vida cotidiana? Este é um exercício simples, mas poderoso, capaz de transformar sua maneira de encarar a vida, acredite! 



Segunda, 10/08/2015 - Fonte: Aleteia / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...