Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

NINGUÉM VAI A JESUS SE NÃO FOR ATRAÍDO PELO PAI

O capítulo 6 do evangelho de João começa dizendo que "grande multidão seguia Jesus, porque via os sinais que ele operava sobre os enfermos" (Jo 6,2). A frase de Jesus é muito importante para aqueles que pensam que, para serem da Igreja, basta estarem na igreja, quando, na verdade, para Cristo não importa a quantidade de seguidores que uma igreja possa ter: inclusive recordo recentes matérias de jornais que indicavam a redução do número de católicos e o aumento de ateus e protestantes das diversas denominações no Brasil. No entanto, após Jesus dizer que "ninguém pode vir a mim se meu Pai não o atrair" (Jo 6,65), aconteceu que, "desde então, muitos dos seus discípulos tornaram para trás e já não andavam com ele" (Jo 6,66). E o que Jesus fez? Se retratou? Não! Ao contrário, voltou-se para os doze e disse: "Quereis vós também retirar-vos?" (Jo 6,67).

Esta pergunta é para nós hoje.

O mundo tem passado por muitas transformações e a religião também. Muitos pensam que, para fazer parte da Igreja, precisam "aceitar Jesus" e pronto: já estão salvos, eleitos e santos – mais do que os outros! Engano. Repito a frase de Jesus: "Ninguém pode vir a mim se meu Pai não o atrair" (Jo 6,65). O número de cristãos no Brasil, embora lentamente, está em decadência. É verdade que nossas comunidades religiosas por vezes fazem coisas que afastam as pessoas de Jesus. Mas Jesus pergunta a nós que ainda estamos: "Quereis vós também retirar-vos?" (Jo 6,67). E a pergunta de Jesus é muito importante, pois a quantidade de pessoas que se dizem cristãs e não são cristãs é imensa! Nossa Igreja precisa de mais cristãos que saiam do seu comodismo e decidam evangelizar! E evangelizar é ir até o povo em vez de ficar na igreja esperando o povo vir, como faziam os mestres da lei.

"Através de alguma fresta, entrou a fumaça de Satanás no templo de Deus". A frase citada é do papa Paulo VI. Ela nos diz como satanás se infiltra na Igreja: através dos membros que, na verdade, não são membros: são joio no meio do trigo. Trigo e joio, muito parecidos! Trigo plantado pelo agricultor, joio pelo inimigo. Que fazer, então? Arrancar o joio? Não. Pode acontecer que, sem querer, se arranque o trigo. Aguardemos os frutos e saberemos o que é trigo e o que é joio, pois é pelos frutos que se sabe se uma árvore é boa ou ruim, da mesma forma que, pelas ações, sabemos quando uma pessoa é boa ou ruim. "Ninguém pode vir a mim se meu Pai não o atrair" (Jo 6,65). Esta frase relembra outra passagem de Jesus, que diz: "Não fostes vós que me escolhestes, mas eu que vos escolhi" (Jo 15,16a). Pois bem, irmãos, temos em nossa comunidade muitos membros que não são Igreja e que se comportam como inimigos da Cruz de Cristo. São a "fumaça de satanás" na comunidade cristã.

O evangelho nos fala da correção fraterna que devemos fazer a estes irmãos: "em particular, com uma ou duas testemunhas e com a comunidade"; e se, mesmo assim, o irmão corrigido não ouvir, "trata-o como pecador público" (cf. Mt 18,17b). Se alguém acha que é membro da Igreja por opção, engana-se! Jesus é bem claro: "Ninguém pode vir a mim se meu Pai não o atrair" (Jo 6,65). O resto é conversa fiada. Fica o alerta para todos os cristãos e a pergunta de Jesus: "Quereis vós também retirar-vos?" (Jo 6,67).



Quinta, 09/07/2015 - Fonte: Aleteia, Gilberto Brito Passos / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...