Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/04/2019

“Queridos filhos, como MÃE que conhece os SEUS filhos, sei vocês desejam o MEU FILHO. EU sei que vocês desejam a VERDADE, a PAZ, aquilo que é puro e não é falso.

Por isto EU, como MÃE, através do AMOR DE DEUS, me dirijo a vocês e os convido, a fim de que, rezando com o coração puro e aberto, conheçam por vocês mesmos o MEU FILHO, o SEU AMOR, o SEU CORAÇÃO MISERICORDIOSO.

O MEU FILHO via a beleza em todas as coisas.

ELE procura o BEM, até mesmo naquilo que é pequeno e escondido, em todas as almas, para perdoar o mal.

Por isto, filhos MEUS, apóstolos do MEU AMOR, os convido a adorá-LO, a agradecê-LO continuamente e a serem dignos para ELE. Porque ELE disse para vocês PALAVRAS DIVINAS, as PALAVRAS DE DEUS, as PALAVRAS que são para todos e para sempre.

Por isto, filhos MEUS, vivam a serenidade, a alegria e o amor recíproco.

Isto é o que é necessário para vocês no mundo de hoje: assim serão apóstolos do MEU AMOR, assim vocês testemunharão o MEU FILHO de maneira justa.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Namoro Santo

É interessante como que a moça inspirada nos contos de fadas espera pelo seu príncipe encantado, enquanto que a moça inspirada pelos Evangelhos espera pelo seu José. Vocês devem conhecer essa expressão, ou pelo menos já ouviram antes, uma moça católica dizer que espera pelo seu “José”. Esse José é um homem virtuoso a exemplo do Glorioso São José, esposo de Maria Santíssima, escolhido para ser pai adotivo do Filho de Deus. A moça cristã espera por esse homem justo, honesto, casto e trabalhador. 

O príncipe carrega consigo uma espada afiada para enfrentar os terríveis dragões e assim chegar heroicamente à sua princesa. Já o José carrega consigo um ramo espiritual de lírios brancos, que representa a sua pureza e castidade, é a sua arma contra o pecado, o mais terrível dos dragões.

A arma do José é a virtude. O príncipe encantado tem um fiel companheiro que o leva nas suas jornadas, é o seu cavalo, que na maioria dos contos é de cor branca. O José também tem o seu fiel companheiro, é o seu Anjo da Guarda, este também branco, mas da pureza divina. A mocinha que sonha com seu príncipe deve ser como uma princesa que espera por ele, que aguarda pacientemente por sua chegada; a moça que espera seu José deve ser como Maria: santa, pura, silenciosa e virtuosa. Se num conto de fadas a princesa jogou seus cabelos para que o príncipe subisse até ela, a donzela cristã – como filha de Maria que é – deve jogar o seu Rosário para que a oração seja o elo de união entre os dois.

Faça da sua espera algo agradável. Esperar não precisa ser uma tortura, nem mesmo um sofrimento. O tempo da espera é o tempo que Deus separou pro seu amadurecimento, pra você aprender coisas novas e se aproximar mais Dele. Aí, quando Deus perceber que você já estar maduro (a) o suficiente pra iniciar um relacionamento sádio, a boa, perfeita e agradável vontade do nosso Papai se cumprirão na sua vida.

Inácio Jr.


“(…) para que os que creem em Deus se interessem em usar o seu tempo fazendo o bem. Isso é bom e útil para todos.” (Tito 3.8)


Segunda, 20/07/2015 - Fonte: Inácio Jr. por e-mail / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...