Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2019

“Queridos filhos,

O AMOR e a BONDADE do PAI CELESTIAL os dá revelações que fazem com que a fé em vocês cresça e se compreenda, e os traga paz, segurança e esperança.

Assim também eu, filhos MEUS, por meio do AMOR MISERICORDIOSO do PAI CELESTIAL sempre e novamente os mostro a estrada em direção ao MEU FILHO, em direção à SALVAÇÃO ETERNA. Mas, infelizmente, muitos dos MEUS filhos não querem me escutar, e muitos dos MEUS filhos duvidam.

Mas EU, EU sempre e em todos os tempos, louvei o SENHOR por tudo aquilo que ELE fez em MIM e por meio de MIM. MEU FILHO se dá a vocês, divide o pão com vocês, os dá palavras de VIDA ETERNA, a fim que EU as leve a todos. Vocês, filhos MEUS, apóstolos do MEU AMOR, do que vocês tem medo quando MEU FILHO está com vocês ?

Ofereçam-LHE as suas almas, a fim de que ELE possa morar nelas, e possa fazer de vocês instrumentos da FÉ e instrumentos do AMOR.

Filhos MEUS, vivam o EVANGELHO, vivam o AMOR MISERICORDIOSO ao próximo, e, acima de tudo, vivam o AMOR ao PAI CELESTIAL. Filhos MEUS, vocês não estão juntos por acaso, o PAI CELESTIAL não une ninguém por acaso. O MEU FILHO fala às suas ALMAS e eu faço aos seus CORAÇÕES.

Como MÃE, EU digo a vocês: caminhem COMIGO, amem-se uns aos outros, testemunhem. Não tenham medo, com o seu exemplo, de defender a VIDA, a PALAVRA DE DEUS que é ETERNA e que não muda nunca. Filhos MEUS, quem trabalha na LUZ DO AMOR MISERICORDIOSO e na VERDADE é sempre ajudado pelo CÉU e nunca está sozinho.

Apóstolos do MEU AMOR, que vocês sejam reconhecidos, sempre, entre todos os outros, pelo seu escondimento, pelo seu amor e pela sua serenidade. EU estou com vocês. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

“Isto não está bem”: Assim reagiu o Papa ao receber de Evo Morales imagem de Cristo sobre o símbolo do comunismo

Esta foto já deu a volta ao mundo após o primeiro dia da visita do Papa Francisco na Bolívia. O Presidente boliviano Evo Morales presentou o Papa com um Cristo crucificado sobre uma foice e um martelo -símbolo do comunismo. A reação do Papa, além do visível desconforto, foi de reprovação.

Os problemas de áudio das únicas imagens transmitidas a través do vídeo deste encontro não permitem compreender toda a explicação de Morales ao polêmico presente, mas, fica evidente a discordância do Pontífice. Entretanto, uma frase de Francisco em espanhol se destaca no áudio: “No está bien eso”.

VEJA VÍDEO:




“Isso não está bem”, disse o Papa diante da explicação do Presidente boliviano que, parece descrever o presente como uma réplica de uma escultura em madeira, elaborada nos anos 70 por um sacerdote jesuíta espanhol, Luis Espinal Camps, assassinado em 1980 pela ditadura, e por quem o Papa Francisco rezou durante o caminho que o conduziu do aeroporto de El Alto até La Paz.

Pouco antes do momento de intercambiar os presentes e enquanto percorria as ruas de La Paz em direção ao Palácio de Governo, o Pontífice parou no local onde o corpo do sacerdote assassinado foi encontrado, localizado na entrada do bairro de Achachicala. O Santo Padre pediu um minuto de silêncio e depois rezou o Pai Nosso junto aos fiéis.

O presente provocou distintas reações nas redes sociais. Muitas pessoas acusam Evo Morales de querer politizar a visita do Papa Francisco à Bolívia.

Do mesmo modo, católicos de distintos países rejeitaram o gesto de Morales por considerá-lo ofensivo às numerosas vítimas dos grupos terroristas associados ao comunismo na América Latina e outras vítimas dos regimes totalitários.

O Pontífice esteve apenas quatro horas em La Paz, capital da Bolívia, no dia da sua chegada durante a visita apostólica que se estende até o dia 13 de julho.

Após ser recebido pelas autoridades, o Santo Padre se dirigiu ao Palácio Quemado, sede do Governo, localizado perto da Catedral da cidade, para o habitual intercâmbio de presentes com Evo Morales.
Logo depois da reunião privada com o presidente da Bolívia e o intercâmbio de presentes, o Papa Francisco foi à Catedral, onde realizou um encontro com as autoridades. Durante o seu discurso, afirmou que as ideologias incendeiam enquanto a fé ilumina e guia a consciência.


“Os cristãos, chamados a ser fermento no povo, trazem a sua própria mensagem à sociedade. A luz do Evangelho de Cristo não é propriedade da Igreja; Esta é sua serva, para que chegue até aos confins do mundo. A fé é uma luz que não encandeia nem perturba, mas ilumina e orienta no respeito pela consciência e a história de cada pessoa e de cada sociedade humana”. Indicou o Santo Padre.


Quinta, 09/07/2015 - Fonte: ACI digital / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...