Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Irmãs gêmeas celebram juntas 75 anos de vida religiosa

Canice e Canisius Lastrapes são duas irmãs gêmeas de 93 anos e que têm algo especial em comum: a vocação à vida consagrada e este ano celebram seu 75º aniversário de votos perpétuos. Ambas pertencem às Irmãs da Sagrada Família, congregação com 13 conventos no estado sulista de Louisiana (Estados Unidos).

As gêmeas são as últimas filhas de uma família de 12 irmãos, cresceram em Louisiana e foram educadas por religiosas da infância até a escola secundária.

Em declarações ao jornal The New Orleans Advocate, Canice recordou: “tivemos a presença de irmãs religiosas em nossas vidas todo o tempo”, e acrescentou que “elas sempre foram muito boas. Era simplesmente natural, suponho, que queríamos ser como elas”.

Ambas professaram seus votos em setembro de 1940, na antiga casa matriz das Irmãs da Sagrada Família, em Nova Orleans (Estados Unidos). Dois meses depois, professaram seus votos definitivos.

A irmã Canice assegura que não se arrepende e nem reclama dos sacrifícios que sua vocação lhe exige até o dia de hoje. “Parece que foram sido 75 dias”, assegura a irmã.

“Quando você não gosta do que está fazendo, o tempo parece não avançar em absoluto”, disse.
As irmãs dedicaram sua vida religiosa à educação e a trabalhar com os mais necessitados.

Embora seus serviços as levaram a estar em distintos conventos, “estávamos em contato uma com a outra a maioria do tempo”, recorda a irmã Canisius.

Por outra parte, Jude Lastrapes, sobrinho neto das irmãs Canice e Canisius, reconhece que elas “foram uma enorme inspiração para muita gente ao longo dos anos”.


“É só olhar para elas e você verá muito amor e energia. É como se tivessem nascido para ser freiras”, assegura o sobrinho.


Sexta, 24/07/2015 - Fonte: ACI digital / Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...