Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Corrupção na FIFA: Autoridade vaticana anima a fomentar um “futebol limpo” e que seja edificante para a sociedade inteira

Um novo escândalo de corrupção golpeou o coração do mundo do esporte há poucos dias, quando autoridades da FIFA (Federação Internacional de Futebol) foram presos na Suíça. Após o fato, e a eleição de uma nova presidência, uma autoridade vaticana destacou a importância de fomentar um “futebol limpo”.

Na madrugada da última quarta-feira, dia 27 de maio, a Polícia Suíça prendeu sete dos principais responsáveis pela FIFA, entidade que governa as federações de futebol no mundo inteiro.

“Os sete membros da FIFA que foram presos, estão sendo acusados de receber subornos e comissões de representantes da mídia e firmas de promoção esportivas por mais de cem milhões de dólares”, informou o Ministério da Suíça. Em troca, os que ofereciam os pagamentos recebiam direitos mediáticos e de publicidade ligados aos torneios de futebol na América Latina.

A autoridade suíça analisa o caso junto a Procuradoria de Nova Iorque (Estados Unidos).

A pesar do escândalo, que motivou que a União de Associações de Futebol Europeias (UEFA) solicitar que fossem postergadas as eleições, estas foram realizadas. Joseph Blatter, ganhador da eleição, se mantém durante o quinto período consecutivo como presidente da entidade.

O Vaticano, há algum tempo, está dando uma atenção especial ao mundo do esporte, desenvolvendo iniciativas que reforçam ainda mais a importância do entretenimento para adolescentes e jovens, como também para os adultos. Por isso, não é alheio a tudo o que acontece neste âmbito.

Em declarações, o Subsecretário do Pontifício Conselho da Cultura e Diretor da seção Cultura e Esporte, Monsenhor Melchor Sánchez de Toca, perguntou-se: “Existe alguém surpreendido por esta notícia? Pois a cada ano, aproximadamente por estes meses, aparece um novo escândalo de corrupção que vem do mundo do esporte, do futebol ou de outros. São um dos grandes males que atormentam o esporte”.

Monsenhor Sánchez de Toca recordou: “Outras vezes também houve corrupção, violência nos estádios inclusive com vítimas, dopagem dos esportistas, jogos fraudados, mercantilização do esporte, abusos de menores nos vestiários...”.

A autoridade vaticana destacou: “O esporte é a expressão do mais nobre que existe no homem e ao mesmo tempo de sua decomposição. E como a decomposição de todas as coisas boas, isto também apresenta seu lado pior”.

“Acho que é evidente que o mundo do esporte não é somente capaz de superar esses problemas, mas também é preciso alianças entre os distintos setores da sociedade. Por exemplo, na Itália existe uma rede de 7 mil oratórios nas paróquias que são autênticas escolas de um futebol limpo”, sublinhou a autoridade vaticana.

Há poucas semanas o Papa Francisco falou precisamente da contribuição do esporte à sociedade. Ao receber os dirigentes e atletas da sociedade esportiva da Lazio (zona sul de Roma), o Pontífice afirmou: “Na realidade, o verdadeiro esporte favorece a construção de um mundo mais fraterno e solidário, contribuindo à superação de situações de injustiça e de um mal-estar humano e social”.


“Graças à Deus temos os exemplos bons de homens e mulheres esportistas, também grandes campeões, que não deixaram nunca de viver a fé e o serviço ao próximo”, acrescentou o Santo Padre nesta ocasião.


Segunda, 01/06/2015 - Fonte: ACI, Alvaro de Juana / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...