Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Médico é salvo pelo bebê que ele mesmo salvou 30 anos atrás

Quando, há mais de 30 anos, Michael Shannon salvou a vida de um pequeno bebê, estaria longe de imaginar que um dia esse pequeno ser lhe retribuiria o gesto.

Foi há cerca de quatro anos, enquanto passeava de carro numa autoestrada na costa do Oceano Pacífico, que Dr. Michael Shannon se viu envolvido num grave acidente após um caminhão ter embatido no seu veículo. Preso dentro do veículo que acabou por se incendiar, este médico ficou entre a vida e a morte.

Contudo, a ajuda viria de alguém muito pouco provável: nada mais nada menos que Chris Trokey, que nasceu com cerca de um quilo e meio, e a quem os médicos deram apenas 50% de probabilidades de sobrevivência. Contudo, Shannon, o seu pediatra, mostrou-se incansável e passou muito tempo com Chris na esperança de que ele sobrevivesse.

Apesar da rápida atuação do paramédico e dos bombeiros que conseguiram extinguir rapidamente o fogo, numa altura em que ele já estava queimando suas pernas, Shannon acabou por ser transferido em estado grave para o hospital, onde permaneceu 45 dias internado e onde teve de amputar dois dedos.

Em declarações à KTLA 5, este pediatra salvo por um dos seus pacientes afirmou: “É incrível vê-los todos crescendo, mas ver um deles devolver a sua vida, num dia em realmente precisamos de ajuda, isso é realmente incrível.”

Chris Trokey, por sua vez, confidenciou à publicação que continua muito próximo do médico que um dia lhe salvou a vida: “É uma sensação muito boa, e agora ele é o pediatra do meu filho.”

Recentemente, esta dupla voltou a encontrar-se para raspar a cabeça numa angariação de fundos para a investigação de câncer na infância.



Sexta, 08/05/2015 - Aleteia / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...