Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2018

Queridos filhos !

Vocês a quem o MEU FILHO ama, vocês a quem EU amo imensamente com o MEU AMOR MATERNO, não permitam que o egoísmo e o amar muito a si mesmo reinem no mundo. Não permitam que o amor e a bondade fiquem escondidos. Vocês que são amados, vocês que conheceram o AMOR do MEU FILHO, lembrem-se que ser amado significa amar. Filhos MEUS, tenham fé: quando vocês tem fé, vocês são felizes e difundem a paz. As suas almas exultam de alegria. Nestas almas está o MEU FILHO: quando se doam pela fé, quando se doam pelo amor, quando fazem o bem ao próximo, o MEU FILHO sorri em suas almas. Apóstolos do MEU AMOR, ME dirijo a vocês como MÃE, os reúno em torno de MIM porque desejo conduzí-los no caminho do AMOR e da FÉ, no caminho que leva até a LUZ DO MUNDO. EU estou aqui pelo AMOR e pela FÈ; porque desejo abençoá-los, porque EU desejo, com a MINHA BENÇÂO MATERNA, dar a vocês força e esperança no seu caminho. Porque a estrada que conduz ao MEU FILHO não é fácil, é cheia de renúncias, de dar-se, do sacrifício, do perdão e muito, muito amor mas este caminho conduz à paz e à alegria. Filhos MEUS, não acreditem nas vozes falsas que falam de coisas falsas e de luzes falsas: vocês, filhos MEUS, voltem para a SAGRADA ESCRITURA. Com imenso amor EU os vejo e, PELA GRAÇA DE DEUS, EU ME MANIFESTO A VOCÊS. Filhos Meus, caminham COMIGO. Que as almas de vocês exultem de alegria.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor

Evangelho do dia 03/05/2015 - João 15,1-8


Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: "Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim.

Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado. Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos tomeis meus discípulos". 

- Palavra da Salvação.
- Gloria a vós Senhor!


Comentários do Evangelho

A fé cristã baseia-se na íntima comunhão com Jesus ressuscitado. Entretanto, não se trata de uma comunhão abstrata, mas sim, de uma comunhão existencial, capaz de transformar a vida humana. Assim como a comunhão com o Pai atinge a totalidade do ser de Jesus, do mesmo modo a comunhão com Jesus tende a atingir a totalidade do ser da pessoa de fé e transformá-la em manifestação do Ressuscitado. Sem este enraizamento em Jesus ressuscitado, torna-se impossível pautar a vida pelo projeto de Deus e produzir os frutos esperados por ele. Está fadado à esterilidade e a produzir frutos imprestáveis quem declara a própria autonomia e toma um caminho que prescinde de Jesus. Pelo contrário, quem se coloca na dependência de Jesus e permite que a vida provinda dele perpasse todo o seu ser, estará em condições de viver um amor autêntico e fazer multiplicar as obras de justiça. O permanecer unido ao Ressuscitado provém de uma opção pessoal. Por isso, quem se diz unido a Jesus sem dar os frutos esperados, será cortado e lançado fora. Quem se diz discípulo de Jesus por mera formalidade e não assume as consequências desta opção será afastado da presença dele. Quem produz os frutos desejados será levado a produzi-los sempre mais. 


Padre Jaldemir Vitório/Jesuíta
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...