Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco recorda 10 anos de falecimento de São João Paulo II

Ao final da catequese, O Papa Francisco saudou os milhares de peregrinos que chegaram à Praça de São Pedro provenientes de diversas partes do mundo, e recordou a figura de São João Paulo II na véspera do décimo aniversário do seu falecimento.

“Dirijo um pensamento especial aos jovens, os doentes e aos recém casados. Amanhã recordamos o décimo aniversário da morte de São João Paulo II: seu exemplo e seu testemunho estão sempre vivos entre nós”, afirmou Francisco em sua saudação em italiano.

“Queridos jovens, aprendam a confrontar a vida com seu ardor e entusiasmo; queridos doentes, levem com alegria a cruz do sofrimento como ele nos ensinou; e vocês, queridos recém casados, ponham Deus sempre no centro, para que sua história conjugal tenha mais amor e mais felicidade”, expressou.

São João Paulo II faleceu em 2 de abril de 2005 às 21:37 horas, na noite prévia ao Domingo da Divina Misericórdia, data que ele mesmo instituiu.

Poucos minutos depois, Dom Leonardo Sandri, que era o então Substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé (na atualidade é Cardeal Prefeito para a Congregação das Igrejas Orientais), anunciou a notícia às milhares de pessoas congregadas na Praça de São Pedro e ao resto do mundo, que seguia as últimas horas do Pontífice através dos meios de comunicação.

Desde aquela noite até o dia 8 de abril, em que se celebraram as exéquias do defunto pontífice, mais de três milhões de peregrinos renderam homenagem ao Papa polonês, fazendo inclusive 24 horas de fila para poder entrar à Basílica de São Pedro.

No dia 28 de abril, Bento XVI dispensou do tempo de cinco anos de espera depois da morte do candidato à beatificação, para iniciar a causa de João Paulo II. A causa foi oficialmente aberta pelo Cardeal Camillo Ruini, vigário geral para a diocese de Roma, em 28 de junho de 2005.

Bento XVI o beatificou em 1 de maio de 2011 e foi canonizado pelo Papa Francisco em 27 de abril de 2014, junto de São João XXIII.


São João Paulo II liderou a Igreja Católica durante 26 anos e 5 meses, sendo o seu o terceiro pontificado mais longo nos mais de 2.000 anos de história da Igreja.


Quarta, 01/03/2015 - ACI / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...