Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

7º Dia - 53ª Assembleia Geral da CNBB

O sétimo dia da 53ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), 21 de abril, iniciou com a celebração da missa em Ação de Graças pelos 50 anos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965). A missa foi presidida pelo arcebispo de São Paulo (SP) e presidente do regional Sul 1 da CNBB, cardeal Odilo Pedro Scherer, e concelebrada pelo arcebispo emérito da Paraíba (PB), dom José Maria Pires, e o bispo emérito de Iguatu (CE), dom José Mauro Ramalho de Alárcon Santiago, que foram padres conciliares durante o Concílio Vaticano II.

 Após a celebração da missa, os bispos permaneceram nas dependências do Santuário Nacional para reunião reservada. Às 11h15, retornaram ao Centro de Eventos Padre Vítor Coelho, os bispos iniciaram as votações para escolha dos presidentes das Comissões Episcopais e dos delegados da CNBB para o Conselho Episcopal Latino Americano (Celam) e para a 14 ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, marcada para outubro deste ano, no Vaticano.

 Às 12h30, a nova Presidência da CNBB concedeu entrevista coletiva à imprensa. Ontem  segunda-feira, 20, o arcebispo de Brasília, dom Sérgio da Rocha, foi eleito presidente da Conferência; o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Sebastião Krieger, vice-presidente;  bispo auxiliar de Brasília, dom Leonardo Steiner, foi reeleito para o cargo de secretário geral da entidade. 

As sessões do período da tarde começaram às 15h30. As eleições durante a tarde foram intercaladas entre as sessões de trabalhos, foram  cinco votações. Houve, ainda, exposição do Projeto “Comunhão e Partilha”; da Cáritas Brasileira – Relatório sobre o Fundo Nacional de Solidariedade; da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé.


Terça, 21/04/2015 – Paulo Alves


OBS: Veja abaixo o vídeo da coletiva de imprensa com a nova presidência da CNBB:


Bispos:

- Dom Sérgio da Rocha, o arcebispo de Brasília (DF) e presidente da CNBB

- Dom Murilo Sebastião Krieger, arcebispo de Salvador (BA) e vice-presidente

- Dom Leonardo Urich Steiner, bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...