Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Santuário de Fátima celebra as aparições do Anjo de Portugal

No próximo dia 21 de março, o Santuário de Fátima, vai recordar as aparições do Anjo de Portugal aos Pastorinhos Lúcia, Jacinta e Francisco, em 1916. A celebração terá início com uma procissão que sairá às 21h30 da Capelinha das Aparições, rumo aos locais onde o anjo apareceu para preparar as três crianças para o encontro que teriam com Nossa Senhora a partir do dia 13 de maio de 2017. A informação foi divulgada pelo setor de imprensa do santuário mariano.

A primeira dessas aparições deu-se na Loca do Cabeço, numa propriedade da família dos videntes nos Valinhos, em que se apresentou como o Anjo da Paz e lhes pediu que rezassem, pois “os Corações de Jesus e de Maria estão atentos à voz das vossas súplicas”, refere a Irmã Lúcia nas suas Memórias.

Na segunda aparição, já no verão, quando brincavam junto ao poço do Arneiro, apresenta-se como Anjo da Guarda de Portugal, reitera o pedido de oração e acrescenta que ofereçam sacrifícios e aceitem o sofrimento que Deus lhes envie.


A terceira aparição sucedeu também nos Valinhos, quando os Pastorinhos estavam em oração. Viram o Anjo com um cálice na mão e uma hóstia suspensa sobre ele, da qual caíam algumas gotas de sangue. O Anjo ensina aos videntes a oração à Santíssima Trindade e dá a hóstia à Lúcia e o sangue do cálice para Francisco e Jacinta.


Sexta, 20/03/2015 - ACI / Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...